Arquivo Histórico de Joinville completa 40 anos nesta terça-feira (20/3)

Nesta terça-feira (20/03) o Arquivo Histórico de Joinville completa 40 anos de fundação. Esta unidade da Fundação Cultural de Joinville (FCJ), que visa a preservação, conservação e restauro de documentos privados e de interesse público, foi criada pela da Lei Municipal nº 1.182, de 20 de março  de 1972.

Para comemorar a data, a instituição apresenta a palestra “Arquivos e usos contemporâneos do passado: da história à administração pública”, ministrada pelo Diretor Geral do Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro, professor doutor Paulo Kanuss Mendonça. A palestra será realizada nesta terça-feira (20) na Câmara de Vereadores de Joinville, às 19 horas. A entrada é aberta à comunidade.

O diretor geral do Arquivo do Rio de Janeiro, Paulo Knauss Mendonça desenvolve pesquisas na área de História sobre as relações entre Memória e Patrimônio Cultural, nos campos da história da arte, da cartografia, história oral, urbana e historiografia. A fala do professor doutor vai ser focada nos usos contemporâneos dos arquivos documentais para as práticas de pesquisa e ensino. Além disso, o palestrante fala sobre a problematização dos processos administrativos da gestão de documentos.

Mendonça possui pós-doutorado pela Universidade de Estrasburgo, na França (2006) e doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense, no Rio de Janeiro (1998). Atua como professor do departamento de História e do Laboratório de História Oral e Imagem da Unversidade Federal Fluminense. É autor de vários trabalhos, incluindo o livro de co-autoria “Brasil: uma cartografia”, de 2010.

A fala da palestra é dirigida a acadêmicos de cursos de graduação e de mestrado em História, Patrimônio Cultural e áreas afins, professores, pesquisadores, gestores e demais interessados.

Atividades comemorativas a data
Ao longo do ano, o Arquivo Histórico irá realizar atividades em comemoração aos 40 anos de fundação da unidade. Entre uma destas atividades, destaca-se a publicação da terceira edição da Revista do Arquivo Histórico de Joinville. Os interessados em participar da revista, podem enviar seus trabalhos até o dia 30 de abril. O lançamento da revista esta marcada para o mês de novembro de 2012.

Os trabalhos serão divididos em três categorias: Artigos, Documentações e Resenhas, sendo encaminhados ao conselho consultivo para parecer. Os artigos devem conter entre 15 a 20 páginas (incluindo citações, referências, imagens e tabelas), e um breve resumo de até dez linhas em português e inglês, além de três palavras chaves nos dois idiomas. Os textos da seção de documentação a exigência é de no máximo 10 páginas (incluindo citações, referências, imagens e tabelas). As resenhas devem ter entre 5 a 7 páginas.

Os materiais devem ser inéditos e estar acompanhados de carta de autorização para publicação. Mais informações pelo email ah@joinvillecultural.sc.gov.br ou pelo telefone (47) 3422.2454 no AH. O edital da chamada dos trabalhos esta disponível no site www.joinvillecultural.sc.gov.br.

No mês de setembro, o Arquivo Histórico vai apresentar uma exposição com documentos que se destacam pela importância e raridade, materiais recolhidos e conservados ao longo dos 40 anos da instituição. A mostra visa a interatividade da comunidade com o Arquivo Histórico, mostrando a diversidade e riqueza de acervo.

Da Ass. Imprensa FCJ

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.