Falta de sabedoria: Serra não sabe que o Brasil é uma República

O jornalista Gianni Carta da Revista Carta Capital divulgou na sua coluna semanal a “falta de sabedoria” e não “gafe” do ex-governador tucano, José Serra. O tucano, que sonha com a Presidência da República, afirmou que desconhecia o fato de que o Brasil é uma República Federativa. No último domingo, dia 4, o ex-governador e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo explicou no Jornal da Noite, da TV Bandeirantes: “O Brasil chama Estados Unidos do Brasil. Os Estados Unidos chamam Estados Unidos da América”.  “Boris Casoy, o entrevistador, teve o bom senso de corrigir o tucano. “Não, o Brasil chama República Federativa do Brasil”, disse Gianni.
Serra cogitou a possibilidade de o nome de seu País ter mudado. Finalmente, reconheceu o erro. “Mas, tentou consertar ao dizer que os nomes são “parecidos”. Ou seja, para ele dá na mesma”, disse Gianni.

Jornalões
Segundo ainda Gianni Carta, para a Folha de São Paulo e o Estado de São Paulo, que há dez anos pintam Serra como um político “preparado”, Serra cometeu uma “gafe”. “Os jornalões dedicaram escassas linhas à “gafe” para poupar o político que consideram o bastião do republicanismo. Mas não se tratou de “gafe”. Revelou isso sim, a falta de sabedoria do ex-governador de direita. Seria o caso de Serra ler um pouco mais sobre a História de seu País? E para conhecer melhor o PSDB sugerimos a leitura da Privataria Tucana, de Amaury Jr”, finaliza o jornalista da Carta Capital.

Agência FEM

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.