Licitações adiadas? Eu já sabia…

Sob mais uma justificativa, das quantas que o Governo Raimundo Colombo do PSD já deu a Joinville em quase meio governo, as licitações para a duplicação da avenida Santos Dumont foram adiadas. Novidade? Nenhuma. Quando do anúncio feito pelo Governador em 18 de junho, publiquei aqui no Palavra Livre a matéria adicionando – alguém acredita? – (clique aqui e leia) e agora só vejo confirmada o quanto eleitoreiro foi o anúncio, e tanto quanto agora o ainda é…

Enquanto isso, graças a Deus, deve pensar Colombo, a BMW anunciou finalmente que vai construir sua fábrica em Santa Catarina, em Araquari, cidade ligada à Joinville. Assim, um fato se sobrepõe ao outro, e safa-se por enquanto o líder maior do PSD de mais uma saia justa com a maior cidade catarinense. Não esqueçamos que há escolas ainda interditadas, e que não voltam a ser ocupadas porque o governo do PSD não anda aqui, mas somente em Lages e Capital.

Após o domingo de eleições, não teremos grandes surpresas favoráveis não. O secretário da Fazenda, Nelson Serpa, já adiantou que estão “cortando” despesas para dar conta de pagar até o décimo terceiro dos servidores… Enquanto isso tem gente aqui prometendo elevados a três por dois, em seis meses… com dinheiro do Estado. Dá prá fazer? Estão brincando com os joinvilenses….

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

5 comentários em “Licitações adiadas? Eu já sabia…”

  1. Ótimo comentário Jackson Berndt, é verdade. Nossa representatividade, infelizmente, é de fachada. Não atendem aos interesses do coletivo de Joinville, mas dos seus interesses político-eleitorais. Mudar isso? Dá, mas é preciso maior participação da sociedade na política, lendo, debatendo, discutindo e cobrando. Sem isso, eles continuam assim fazendo cara de paisagem para nós, e as pessoas sofrendo na saúde, na infraestrutura, etc. Obrigado pela participação.

  2. Isso que Joinville é com a maior população e arrecadação do estado, mas com representantes sem foco na cidade, como maior exemplo temos os nossos deputados estaduais que somente aparecem em época de eleições, como está ocorrendo agora, um deles candidato a prefeito, o outro preocupado em costurar alianças para o candidato a prefeito e outro fazendo assistencialismo na TV, mas trabalhar por Joinville nada. Vamos tentar lembrar algum projeto destes indivíduos para Joinville, após a manutenção do Corpo de Bombeiros Voluntários em Joinville ou mesmo algum outro antes. Mas como em toda época de campanha tudo é fácil de conseguir é só pedir para o governo estadual ou federal, as portas sempre estão abertas inclusive dos cofres, mas a realidade como todos sabemos é outra. Assim espero que todos analisem antes de votar, pois os caixas governamentais (municipais, estaduais e federal) estão comprometidos, então não haverá fundos para pagar tantas promessas.

  3. Salvador o Kennedy tá sacaneando com o teu nome. Ele tá se vendendo como o SALVADOR de Joinville. rssssss.

  4. É triste saber disto, vergonha! Como vimos, as promessas acabam nos engolindo quando se tem barreiras, barreiras estas que já sabiamos, os recursos não são feitos ou liberados em prol de Joinville, sempre tem um pretesto ou alguma desculpa. e a vida continua!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.