Brasileiros gastam 51 minutos por dia na internet no local de trabalho

A quarta edição da pesquisa Web@Work América Latina, promovida pela empresa de segurança da informação Websense, revela que os funcionários brasileiros gastam em média 51 minutos por dia (cerca de 4,25 horas por semana) navegando em sites com conteúdo não relacionado ao trabalho: em primeiro lugar na lista de navegação pessoal estão os sites financeiros, de bancos e governamentais (74%), seguidos pelos de notícias (70%) e de e-mails pessoais (58%).

Nessa mais nova edição da pesquisa, que contou com a participação de funcionários e gerentes de TI do Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e América Central, a Websense mostra que a quantidade de horas semanais dedicadas para fins pessoais na Internet caiu 28,2% no Brasil em relação à média apurada no ano passado, que era de 71 minutos por dia (aproximadamente 5,9 horas semanais). No lado oposto, os gerentes de TI também concordam que os funcionários andam gastando menos tempo navegando em sites não relacionados ao trabalho: de 7,6 horas semanais em 2007 para 5,8 horas semanais em 2008 – uma queda de 23,6%.

Fernando Fontão, engenheiro sênior de sistemas da Websense para a América Latina, diz que a redução no tempo de navegação por websites não necessariamente ligados a fins produtivos pode ser uma conseqüência de três elementos:

Primeiro: as empresas podem ter percebido que barrar todos os acessos não é a melhor solução. Com as políticas de cotas de tempo e permissões para navegação pessoal e segura, os funcionários teriam ficado mais satisfeitos e produtivos;

Segundo: filtros de acesso adotados pelas empresas estariam cada vez mais monitorando o comportamento de seus funcionários na web;

Terceiro: os usuários podem ter amadurecido em relação aos perigos de phishing e spywares e estariam realizando acessos mais conscientes.

Fonte: Terra Notícias

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.