Concorrência para divulgar país no exterior

A concorrência para escolher a empresa de assessoria de imprensa e de relações públicas para promover o Brasil no exterior e contribuir para a atração de investimentos ao País tem 13 participantes. Coordenada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), hoje (segunda-feira, dia 19) foi cumprida a etapa de habilitação e foram apresenta das propostas técnica e de preços. O valor estimado do contrato é de R$ 15 milhões/ano. Todas as 13 proponentes foram habilitadas.

O próximo passo é a avaliação das propostas técnicas. As empresas que estão participando da concorrência são: Andreolli, Jeffrey Group, Máquina da Notícia, Inpress, Publicom, FSB, Santa Fé, 1stCom, CDN, Oghilvy, Burson & Masterler, Estratégia e Textual.
A intenção da Secom é contar com uma estrutura de comunicação no Exterior, que atue, inicialmente, nos mercados dos Estados Unidos, Europa e Ásia. O trabalho será voltado para a promoção das potencialidades do Brasil junto a empresas, investidores e formadores de opinião. A idéia é colocar o País como uma vantajosa opção para os investidores, não apenas para os de grande porte, mas também para as pequenas e médias empresas interessadas em investir no Brasil, bem como investidores institucionais, como fundos de pensão.

Fonte: Secom Governo Federal

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.