Hospital São José de Joinville (SC) faz cirurgia inédita

Uma equipe de médicos do Hospital São José de Joinville realizou, no sábado passado (6/4), a primeira colocação endoscópica de válvula brônquica em Santa Catarina para o tratamento do enfisema pulmonar avançado. O procedimento durou aproximadamente uma hora e envolveu quatro cirurgiões torácicos, dois pneumologistas e um anestesista do corpo clínico do hospital joinvilense.

Uma equipe médica do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre, pioneira no Brasil no estudo e uso desse tratamento, trabalhou em conjunto com os médicos do Hospital São José. No mesmo dia, foram realizados dois procedimentos idênticos em Blumenau.

A cirurgia de Joinville foi realizada pela equipe formada pelos médicos especialistas em cirurgia torácica Adrian Schner, Carlos Daudt, Paulo Zanoni e Sérgio Ferreira; pelos pneumologistas Fabiano Schwingel e Jaime Ferreira. O anestesista foi o médico Erasmo Augusto de Souza Júnior.

Os estudos sobre a colocação endoscópica de válvula brônquica no Brasil são recentes. Iniciaram no ano de 2002. Desde então o procedimento e o material utilizado vêm sendo aperfeiçoados, tendo o Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, como pioneiro, seguido pelo Instituto do Coração, em São Paulo.

A válvula brônquica é colocada em pessoas diagnosticadas com enfisema pulmonar avançado e, além de aumentar a qualidade de vida do paciente, lhe proporciona mais tempo até que receba um pulmão transplantado. A cada dez diagnosticados com essa doença, dois se enquadram no tratamento. O procedimento leva em média uma hora e o paciente recebe alta entre 48 e 72 horas depois. Após três meses da colocação da válvula é feita uma avaliação médica para verificar a evolução do quadro. Veja como funciona a válvula brônquica em http://www.youtube.com/watch?v=r7U_Ih7-se4

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.