O poder da língua

poderligua“Se alguém não tropeçar no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo”.
(Tg 3.2b)

A língua é um órgão contraditório em nosso corpo. Com ela louvamos a Deus e amaldiçoamos os homens. Uma pequena fagulha apenas incendeia uma grande floresta. Toda a invernada foi consumida por um grande fogo causado por um resto de cigarro. E depois, apagar aquele fogo destruidor, incontrolável, foi impossível.

Quando usada indevidamente, a língua é como um fogo destruidor. Ela é, também, um mundo de iniquidade, um mal incontrolável e um veneno mortífero que pode matar o relacionamento entre as pessoas ao nosso redor. A mentira tem causado situações tristes na comunidade. Fora do controle , a língua cria grandes transtornos e situações incontroláveis na família, no trabalho e na sociedade.

Podemos, entretanto, usá-la de maneira boa, saudável, para construir, falar bem das pessoas, elogiá-las e fortalecê-las.
A língua, a palavra, é uma dádiva de Deus. Como você vai usá-la, depende muito de você. Ela tem poder criativo e destrutivo. Com certeza você precisa de muita sabedoria, aquela que vem somente de Deus. Que a língua seja uma benção! Não permita para maldição.

Jesus ensinou que é o que sai de dentro do homem que o contamina (Mt 15.11,18). E o que sai são as palavras, boas ou más, que usamos. No poder do Espírito Santo elas serão uma benção no seu dia a dia.
Ler: Tiago 3.1-12

Ideal Dicas

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.