Vinho faz bem para a saúde

vinhoOs benefícios do vinho Segundo pesquisas comprovadas, se ingerido moderadamente, o álcool traz benefícios ao nosso organismo, sendo que associado a uma fruta, como a uva, age ainda melhor sobre as paredes das artérias, além de abrir o apetite. Responsável pela elevação das lipoproteínas de alta densidade, além de diminuir a agregação das plaquetas, o resultado será benéfico à proteção do aparelho cardiovascular. As pessoas portadoras de diabetes, hipertensos, alcoólatras, hepatite e outras doenças, estão impossibilitadas de aproveitar os benefícios do vinho. Com exceção dos indivíduos que sofrem de alta acidez estomacal, a acidez contida no vinho ajuda as funções gastricas intestinais. Outro benefício do vinho, são as substâncias que ele contém, que retardam o envelhecimento celular e orgânico.

Estudos relacionando o consumo de vinhos e risco de doenças cardíacas têm descoberto que pessoas que nunca bebem vinho e os que bebem muito têm risco mais elevado, enquanto os que consomem vinho moderadamente têm risco menor. Estudos também descobriram que o consumo moderado de outras bebidas alcoólicas poderia oferecer proteção ao coração, porém esse efeito protetivo é maior com os vinhos. Entres os tipos de vinhos, segundo os estudos, o tinto oferece mais benefícios à saúde do que o branco, incluindo proteção contra câncer. Pesquisadores suspeitam que isso seja devido ao fato de o vinho tinto conter mais polifenóis do que o branco.

 Fonte: CopacabanaRunners

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.