Secretaria de Articulação Internacional já tem novo comando interino

O Governador Carlos Moisés (PSL) decidiu designar o Gerente de Relações Internacionais da Secretaria de Estado da Articulação Internacional, Douglas Gonçalves, como Secretário da pasta, cumulativamente ao cargo atual. Ele era braço direito do ex-secretário Derian Campos, que pediu exoneração na semana passada. Com a decisão do Governador, a pasta continua sob o comando de um joinvilense e com o norte do estado, pelo menos por enquanto.

Gonçalves tem 39 anos e é publicitário e é pós-graduando em Gestão Pública. Já foi filiado ao PV, e desde o ano passado é o Secretário Geral do PSL em Joinville (SC). Antes de assumir o cargo a convite de Derian Campos ele era proprietário de um escola de idiomas no município de São Francisco do Sul e tem passagem longa nos meios da comunicação social e da propaganda.

Segundo Douglas Gonçalves, ele vai continuar o trabalho que o ex-secretário Derian estava realizando. “Vamos seguir com a preparação da área internacional de Santa Catarina para a retomada econômica que virá até que o Governador defina o novo nome para a pasta”, destacou o novo secretário interino da Articulação Internacional. Derian Campos é o presidente do PSL em Joinville e deverá coordenar a campanha à Prefeitura da maior cidade catarinense.

PSL de Joinville prepara candidaturas

O PSL de Joinville reuniu seus pré-candidatos a vereador e a Prefeito em hotel da maior cidade catarinense na noite de ontem (10). O evento foi comandado pelo secretário de Articulação Internacional do Governo de Carlos Moisés, Derian Campos, que também é o pré-candidato do partido para a disputa este ano à Prefeitura.

O projeto visa construir candidaturas viáveis e eleger um ou dois vereadores, e para isso já possuem mais de 29 nomes de lideranças, número que cada partido terá que lançar à Câmara. Boatos que correm em Joinville dão conta que o PSL não terá candidato a Prefeito pois há acordo com o atual prefeito Udo Döhler (MDB) para composição na chapa que terá o deputado Fernando Krelling (MDB) à frente.

O governador Carlos Moisés já teria fechado o negócio com o prefeito joinvilense, de olho na recíproca em 2022. O PSL decidiu ter candidatos nos 30 maiores municípios do estado para pavimentar a recondução de Moisés ao cargo. Derian Campos já teria até um slogan pronto: Joinville tem que ser de todos. Corre nas redes sociais uma imagem do Secretário com o slogan e uma hashtag que chama a atenção – #libertajoinville.

Derian Campos aposta tudo na repetição do fenômeno 17 que elegeu Bolsonaro em 2018. A diferença é que hoje Carlos Moisés e Bolsonaro não caminham mais juntos, nem no partido e tampouco nas ideias e projetos.