Suas cinzas vão florescer mãe…

Nós plantamos suas cinzas. Na floresta, em meio às árvores, sol e ar puro. Simbolizamos assim o que a senhora foi para nós e muitas pessoas. Humana, solidária, amorosa, e sempre a construir, ajudar, a florescer pessoas, crianças, jovens. Professora e educadora eterna.

Eu Gi Rabello cumprimos assim uma missão, uma cerimônia respeitosa a quem nos deu tanto amor, força, sabedoria e conselhos. Na paz escolhemos um local, e uma pequena árvore a representar a continuidade do que a senhora representou. Suas cinzas também se espalharam pelos ares.

Gratidão sempre dona Isolde, minha mãe, sogra, avó, esposa, uma mulher extraordinária, à frente do seu tempo. Para sempre lhe amaremos…

#amor#respeito#IsoldedaCosta#vida#cinzas

Autor: Salvador Neto

Jornalista e escritor. Criador e Editor do Palavra Livre, co-fundador da Associação das Letras com sede no Brasil na cidade de Joinville (SC). Foi criador e apresentador de programas de TV e Rádio como Xeque Mate, Hora do Trabalhador entre outros trabalhos na área. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde foi diretor de comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.