Vai ter disputa no PSDB de Joinville (SC) – Vereador Odir Nunes confirma pré-candidatura a Prefeito

“Eu estou preparado para recolocar Joinville nos trilhos”. Com esta frase o vereador Odir Nunes confirmou que é pré-candidato a Prefeito de Joinville, maior cidade de Santa Catarina. A convenção dos tucanos está agendada para setembro, e o vereador diz que vai para a disputa interna confiante em ser o indicado do PSDB para as eleições municipais marcadas para 15 de novembro. Além de Odir, dois nomes estão colocados para a escolha dos filiados: o vereador Rodrigo Fachini, ex-MDB e ex-presidente da Câmara, e Cromácio José da Rosa, que já foi presidente municipal do partido.

Odir Nunes ganhou espaço midiático nas últimas semanas após ter enfrentando uma representação pública pedindo a cassação do seu mandato. O cidadão alegava que o veterano vereador estava incitando a violência contra idosos ao ter falado em um discurso inflamado que “o prefeito deveria levar uma surra”, e assim teria quebrado o decoro parlamentar. Com maioria governista ligada ao prefeito Udo Döhler (MDB), e comandada por outro emedebista, Cláudio Aragão, a Câmara acatou a representação em tempo recorde, quebrando normas legais. Além disso, o cidadão que apresentou a representação era um condenado pela Justiça, e portanto, sem direitos políticos vigentes até o cumprimento final da pena.

Com base nisso, Odir denunciou perseguição política, ganhou espaço na mídia local e regional, o que deu mais gás ao seu projeto de disputar à Prefeitura de Joinville. A Câmara teve que arquivar o processo contra ele devido a todas as ilegalidades. Questionado pelo Palavra Livre sobre a sua pretensão diante do quadro político atual, com pandemia, as crises do governo Udo com obras paralisadas, inclusive as do rio Mathias, dinheiro para empresas de transporte coletivo – R$ 7,5 milhões que o Prefeito recuou após péssima repercussão – o vereador que já está cumprindo o seu oitavo mandato na Câmara, onde inclusive foi Presidente (2011-12), diz ser a hora da experiência para a gestão pública.

“A população acreditou em novidades, no novo, etc. Já viu que não deu certo. Agora sabem que a experiência na gestão pública é fundamental porque senão fica assim, como vemos hoje, uma cidade abandonada, infeliz, porque nada acontece”, afirma Odir, que além dos mandatos de vereador, já foi quatro vezes secretário municipal e duas vezes diretor da Casan. “Conheço muito bem a gestão pública, meus mandatos mostram o reconhecimento da população, por isso, vou disputar sim dentro do meu partido”, confirma.

O PSDB já governou Joinville com Marco Tebaldi (2002-2008), que faleceu ano passado quando era deputado federal. A disputa entre Odir Nunes, Cromácio da Rosa e Rodrigo Fachini vai aquecer os motores do partido nas próximas semanas. Fachini inclusive anda divulgando que tem apoio do presidente nacional, Bruno Araújo. De lado a lado, todas as armas serão utilizadas para convencimento dos filiados. A presidente estadual, Geovânia de Sá, acompanha de perto as movimentações no estado, e deve dar especial atenção à maior do estado.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

2 comentários em “Vai ter disputa no PSDB de Joinville (SC) – Vereador Odir Nunes confirma pré-candidatura a Prefeito”

  1. Na verdade, atualmente, não sou filiado a nenhum Partido político. Porém, conheço muito bem, a determinação, a entrega e a competência de Odir Nunes. Em todos os seus Mandatos, sempre se manteve íntegro e totalmente comprometido com suas propostas de campanha, criando e aprovando projetos que beneficiassem a população de Joinville e de toda sua região. Além, de se manter sempre
    ativo e contrário, a todos os projetos que fossem apenas de interesse pessoais ou de uma pequena minoria. Como por exemplo, este ultimo de Udo Dohler, que tinha interesse em destinar R$ 7,5 milhões, para empresas de Transporte Coletivo, conforme divulgado nos canais midiáticos, que o atual Prefeito se viu obriado a recuar, pela péssima repercussão. Vejo com bons olhos e com plena consciência, que sua pré-candidatura, é de fundamental importância e num momento, extremamente necessário. Chegou a hora das mudanças que o povo tanto tem clamado, e com essa pré-cadidatura confirmada de Odir Nunes, tenha o PSDB, bom senso de escolhe-lo entre os outros dois, Cromacio da Rosa e Rodrigo Fachini, para que essas realmente sejam colocadas em prática, com muita experiencia, competência e responsabilidade. A população de Joinville e Região, merece, e precisa disso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.