Eleições 2020 – Em Joinville (SC), PSDB e Novo realizam suas convenções

A pandemia alterou a rotina de tudo na vida dos brasileiros, até o processo eleitoral mudou suas datas. O TSE marcou as eleições deste ano para os dias 15 e 29 de novembro, em primeiro e segundo turno. Na maior cidade catarinense, Joinville, dois partidos anunciaram suas convenções partidárias para o primeiro dia liberado pela Justiça Eleitoral, 31 de agosto, próxima segunda-feira. PSDB e Novo querem oficializar o quanto antes os nomes para Prefeito, Vice e nominata de vereadores. O prazo final para as convenções vai até 16 de setembro. A liberação para a campanha propriamente dita inicia em 27 de setembro e vai até 14 de novembro.

PSDB vai ter disputa
O diretório municipal do PSDB de Joinville agendou sua convenção partidária para a próxima segunda-feira (31). Dois vereadores disputam a indicação tucana, Rodrigo Fachini e Odir Nunes. A convenção ocorre a partir das 14 horas, encerrando às 20 horas, na rua Dona Francisca nº 1011 – centro. Estarão aptos a votar 71 pessoas – os membros titulares do diretório municipal e delegados titulares à convenção estadual, membros titulares do diretório estadual, com domicílio em Joinville, além dos vereadores.

Os trabalhos estão sob a organização do presidente do diretório municipal do PSDB, Carlos Caetano. A convenção também definirá a possibilidade de abertura de negociação com outras siglas, visando o pleito de 15 de novembro. Inicialmente o partido tinha os nomes do ex-senador Paulo Bauer, ex-deputado Gelson Merisio, o médico Valdir Steglich, o vereador Odir Nunes, e o empresário Cromácio da Rosa como nomes que poderiam ir à disputa. O vereador Rodrigo Fachini, ex-MDB, chegou à sigla no início deste ano e também colocou o nome à disposição.

Agora somente Odir Nunes e Fachini continuam na disputa. Fachini tem a simpatia e o apoio do diretório municipal, estadual e nacional. Nas últimas semanas ele tem intensificado estes contatos e divulgado à imprensa os apoios do presidente municipal, Carlos Caetano, da presidente estadual, deputada federal Geovânia de Sá, e o presidente nacional da legenda, Bruno Araújo. O grupo ligado à Fachini no partido chegou a dizer que o vereador Odir Nunes só teria o voto dele na convenção, porque o diretório estaria fechado com a indicação de Fachini.

Odir Nunes, por seu lado, diz que esta versão poderá ser verificada na convenção. Maior opositor do governo do prefeito Udo Döhler (MDB) na Câmara de Vereadores, parlamentar experiente já com oito mandatos e passagens por funções executivas na Casan e Secretaria Municipal, Odir garante que vai à disputa para vencer. Tem espalhado uma lista de razões para que os tucanos o escolham como candidato a Prefeito de Joinville, como por exemplo, experiência parlamentar, administrativa, ter sido Presidente da Câmara de Vereadores, líder do governo Tebaldi e conhecedor profundo da cidade.

Novo faz convenção online
Adriano Bornschein Silva e Rejane Gambin devem ser aclamados como candidatos a Prefeito e Vice na chapa do Novo em Joinville. A convenção do partido será online e realizada a partir das 20 horas. Participarão do processo os filiados ao partido que tem como novidade a escolha dos seus candidatos com base em um processo seletivo para, segundo eles, dar formação e qualidade aos quadros partidários. O Novo também afirma abdicar do uso dos fundos partidário e eleitoral.

Adriano Silva é empresário ligado à família tradicional de Joinville que tem negócios ligados ao ramo farmacêutico. Formado em Administração, é presidente da empresa farmacêutica Catarinense Pharma, onde ocupou diversos cargos de direção. Foi vice-presidente da Sociedade Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville. Rejane Gambin é formada em Jornalismo pelo Bom Jesus Ielusc, com 25 anos de trabalho em empresas de comunicação como RBS TV, Rede Record, Jornal A Notícia, Rádio Itapema e Floresta Negra FM. Foi professora de jornalismo na Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, e no Ielusc, em Joinville.

Com PSDB e o Novo realizando suas convenções partidárias, a corrida eleitoral começa a tomar forma em Joinville. O Palavra Livre vai acompanhar tudo para você.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.