Disputa no PSDB de Joinville (2) – Rodrigo Fachini tem apoio das executivas nacional, estadual e municipal, diz aliado

A nota publicada pelo Palavra Livre sobre a disputa dentro do PSDB de Joinville (SC) – leia aqui – para decidir quem será o candidato a Prefeito pelo partido repercutiu no meio tucano. Aliados do vereador Rodrigo Fachini entraram em contato com o Blog para garantir que o pré-candidato do partido é Fachini, que teria o apoio total do partido em nível nacional, estadual e municipal. Na matéria publicada na última quinta-feira (6), o vereador Odir Nunes confirmou sua intenção em disputar com Fachini e Cromácio José da Rosa a indicação do PSDB para a disputa à Prefeitura. O posicionamento de Odir acirrou ânimos no ninho tucano.

Um dia antes o vereador Rodrigo Fachini divulgou nota sobre sua visita ao presidente nacional da legenda, Bruno Araújo, que hipotecava total apoio a ele para que seja o candidato tucano à sucessão de Udo Döhler (MDB). Recentemente, em 18 de maio, o Palavra Livre noticiava que Fachini era o nome escolhido pelo partido (leia aqui). A nota que garantia isso vinha da executiva municipal e também da estadual, mas não confirmava que o vereador seria o único pré-candidato. Na fila também estavam o ex-senador Paulo Bauer, o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Gelson Merisio, e o vereador Odir Nunes.

Agora, ao que parece, os nomes de Paulo Bauer e Merisio saíram de cena momentaneamente, mas Odir mantém disposição. Cromácio José da Rosa, recém curado da Covid-19, respondeu ao questionamento do Palavra Livre. Segundo Cromácio, ele não é pré-candidato e o momento não é para o vereador Odir Nunes. “Respeitamos o vereador, um valoroso quadro do PSDB, mas ele precisa se engajar para ajudar a eleger o Rodrigo, pois estará fazendo um gesto nobre em prol da cidade”, afirmou Rosa. Ele também garante o apoio nacional, estadual e municipal a Rodrigo. “Ele representa o novo, é integro e conhecedor da cidade, tem habilidade para liderar e formar equipe”, destacou.

O Palavra Livre perguntou à Cromácio também sobre os nomes de Bauer, Merisio e Valdir Steglich como os possíveis pré-candidatos. Cromácio ressaltou a história de Bauer e Merisio, mas nada falou sobre Steglich. “Queremos dar vazão às vozes que vem das ruas e Fachini reúne as condições ideais para governar Joinville”, finalizou Cromácio. Pelo que se vê, teremos alguns capítulos ainda sobre a disputa tucana para decidir quem vai enfrentar as urnas para a eleição à Prefeitura da maior cidade de Santa Catarina.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.