Curtas do Palavra #6

Guerra do Impeachment acirra ânimos
Com a definição do STF em validar o rito definido pela Assembleia Legislativa de SC para o processo de impeachment contra o Governador, a Vice e o secretário de Administração, os ânimos tendem a se acirrar nos próximos dias. A líder do Governo Carlos Moisés, deputada Paulinha (PDT) e o líder da oposição e relator da CPI dos Respiradores, deputado Ivan Naatz (PL) se estranharam em sessão.

Guerra do impeachment 2
Naatz, pré-candidato a Prefeitura de Blumenau, apresentou fotos da deputada e do atual secretário de Estado da Saúde, André Mota Ribeiro, em reuniões, aludindo que ambos conheciam os envolvidos na tramoia dos respiradores de R$ 33 milhões que nunca chegaram a SC. Paulinha, ex-prefeita de Bombinhas, e com olhos voltados para 2022, a deputada mordeu e assoprou. Não faltou nem acusações de compras de votos… Huummm!

A comissão
Olhando bem os nomes que compõem a comissão do impeachment, há quem diga que podem haver surpresas. Positivas para Carlos Moisés e negativas para a oposição, que até aqui teve um palco totalmente seu. Não havia nenhum governista, como agora na comissão também, em tese, não há. Já dizia um veteraníssimo da política joinvilense, João Pessoa Machado, que em política “só não vi boi voar”.

Pedrão confirma em Floripa
O vereador mais votado em SC nas eleições de 2016 na capital Florianópolis, Pedro de Assis Silvestre, o Pedrão, comemorou aniversário esta semana e aproveitou para confirmar em vídeo nas redes sociais que vai para a disputa pelo comando da Prefeitura. Eleito pelo PP, ele migrou para o PL a convite do senador Jorginho Mello por não ver espaço no ex-partido para a disputa de 2020. É um candidato forte.

Amin + Dário?
Pois essa é a conversa que rola no entorno da centenária figueira da Praça XV em Florianópolis. A deputada federal Angela Amin ainda não confirma sua candidatura, mais uma vez, à Prefeitura, mas deve ir. Segundo os manezinhos mais expertos, ela só aguarda negociações com o senador Dário Berger, ex-desafeto da família Amin. Na ilha da magia, as bruxas tem força para fazer milagres, até unir PP e MDB…

Guedes no Senado
O ministro Paulo Guedes, da Economia, enquanto não consegue fazer a economia voltar a funcionar, faz declarações no mínimo infelizes. A última foi dizer que o Senado cometeu um crime contra o país na votação dos vetos sobre congelamento dos salários dos servidores públicos. O senador Esperidião Amin (PP) já protocolou requerimento convidando o Ministro a prestar esclarecimentos.

Coronavírus em Joinville
O presidente do Podemos na maior cidade de SC não poupa críticas à gestão do prefeito Udo Döhler (MDB) também no combate à Covid-19. Cleonir Branco afirma que é desde o início da pandemia em março, morreram 216 pessoas em Joinville vítimas do Covid, sendo189 somente nos últimos 60 dias. Cadê os leitos de UTI? Cadê os remédios? Cadê os testes em massa? Cadê o suporte e orientações aos enfermos “internados” em casa? Que assistência estão dando? Recebem medicamentos? E os recursos estaduais e federais, onde estão sendo aplicados?”, cobra.

Coronavírus 2
E continua: “Por último, cadê o prefeito, seus apoiadores e seu candidato? Nada. Segundo o próprio governo estadual, Joinville segue em estágio gravíssimo. Nossa cidade, nossa gente  não merece tanta negligência. Lamentável, trágico mesmo. Nesse ritmo, morrerão mais 550 joinvilenses até dezembro. E o prefeito? Esse, se estiver por aí, vai dar de ombros, vai pra casa.  O futuro prefeito que se lixe, com a doença, com as obras não concluídas e com as dívidas deixadas pra todo lado”. Cleonir perdeu um cunhado para a Covid-19 nesta sexta-feira.

Ainda o Coronavírus
O juiz João Marcos Buch, responsável pela Vara de Execução Penal da Comarca de Joinville, esteve nesta quinta-feira (20) em vistoria e inspeção ao Complexo Prisional de Joinville. O magistrado destaca as ações que estão sendo realizadas aos detentos quanto ao Coronavírus. O magistrado também confirma que não há nenhum detento com sintomas do Covid-19, mas ressalta a carência da falta de recursos humanos para atendimento, como por exemplo médicos. O juiz está em busca de soluções junto aos governos municipal (médico) e estadual (agentes prisionais).

Bolsonaro retornando ao ninho?
No planalto central são fortes os burburinhos de que o presidente Jair Bolsonaro, hoje sem partido, estaria com um pé novamente no PSL, partido pelo qual se elegeu em 2018, mas depois abandonou por não poder mandar sozinho por lá. Bolsonaro tentou criar o Aliança pelo Brasil, que não deu certo. Ah, e tem claro o milionário fundo eleitoral do partido comandado pelo deputado Luciano Bivar. Isso pode mudar cenários em várias cidades nas eleições deste ano.

Em Joinville por exemplo…
Na cidade do norte catarinense o apoio do presidente é disputado por quase todos os pré-candidatos. Fontes que circulam pelas ruas esburacadas do centro de Joinville dizem que antes o apoio iria para Ivandro de Souza, do Podemos, mas se ele voltar ao PSL, quem pode se beneficiar é Dalmo Claro, hoje no partido e pré-candidato. Será?

Tem mais gente…
Darci de Matos (PSD), que não afirma nem nega o desejo de candidatura, também flerta com o presidente, de olho no voto dos bolsonaristas. Há quem diga que Bolsonaro pode voltar ao seu partido antigo, o PP. Aí, Francesc Boehm, pré-candidato do partido, poderia se beneficiar.

Novo livro
O jurista Péricles Prade prepara mais um livro da sua prodigiosa carreira literária, este de ficção. Enquanto a obra se encaminha, ele comemora a publicação do novo livro do escritor e crítico Jayro Schmidt – “Leopardos invadiram o templo – mística e humor de Péricles Prade com capa de Juluana Hoffmann”- de ensaios sobre a obra poética de Prade.

Prêmio Congresso em Foco 2020
Um dos prêmios mais importantes da atividade política no país, este ano o Prêmio Congresso em Foco teve somente uma deputada catarinense em sua lista. A deputada Carmen Zanotto (Cidadania/SC) comemora o feito. É a terceira vez consecutiva que ela é agraciada no seleto grupo dos “Dez Melhores Deputados” da Câmara. A cerimônia de premiação virtual desta 13ª edição foi realizada nesta quinta-feira (20), em Brasília. A escolha foi pelo voto do júri especializado, que é formado por representantes de quatro segmentos da sociedade.

Outro prêmio
“Estar entre os melhores da Câmara dos Deputados nos enche de orgulho e reforça nosso compromisso para continuar atuando firmemente em defesa da saúde da população e trabalhar por um Brasil melhor para todos”, disse Zanotto. A deputada é relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19. A vice-líder do Cidadania também foi selecionada pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) para fazer parte da lista dos “Cem Cabeças do Congresso” em 2020.

Progressistas consultam
Interessante a iniciativa do PP em realizar consultas públicas para compor o seu plano de governo. O pré-candidato do partido é o empresário Francesc Boehm. Os progressistas não governam Joinville desde 1992 quando encerrou o mandato de Luiz Gomes, o Lula. Quase aos 44 do segundo tempo parece que vão entrar para valer no jogo eleitoral, contrataram a competente jornalista Marina Andrade, ex-A Notícia para a assessoria de imprensa. Francesc é o nome novo na eleição.

Coelho vai?
O deputado federal Rodrigo Coelho, ainda no PSB, é observado atentamente pelos outros partidos para decidirem seus rumos. Tem partido que faz jogo esperando para ver se cabe numa vice com o deputado, mas Coelho vai ter que encarar a convenção dos socialistas joinvilenses para ver se ganha a vaga, ou ainda, chegar a um bom termo com o presidente estadual do partido, Cláudio Vignatti. Conversa torta essa.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.