Em primeiro ato na Amunesc, Udo Döhler (MDB) demite o Secretário Executivo sem assembleia geral

O prefeito de Joinville (SC) mal assumiu a presidência da Associação dos Municípios do Norte e Nordeste de SC, a Amunesc, e já causa o primeiro mal estar: em decisão solitária, demitiu o secretário Executivo Tufi Michreff Neto, que estava no cargo desde março de 2019. A intenção de Udo Döhler é colocar sua correligionária do MDB, a ex-presidente do partido, Simone Schramm, no cargo.

A iniciativa causou espanto nos prefeitos e na equipe da Amunesc, já que faltam apenas seis meses para que Döhler encerre o mandato, e a troca causa instabilidade nos projetos que estavam em andamento na Associação. Tufi foi notificado da decisão por ofício, mas a decisão têm de ser aprovada em assembleia geral convocada para a análise e aprovação ou não da mudança pretendida. Para isso a assembleia deveria ser convocada com 10 dias de antecedência, mas ainda não houve a chamada para tanto.

Prefeitos ouvidos pelo Palavra Livre se dizem surpresos porque na assembleia que decidiu por Udo na presidência houve consenso na recomendação de manter os projetos e equipe até o final dos mandatos de todos, já que haverá eleições ainda este ano e mudará todo o quadro associativo e de comando na Amunesc a partir de 2021. Em 2019 a entrada de Tufi Michreff precisou ser referendada pela Assembleia Geral. Dos nove Prefeitos, cinco votaram a favor do nome dele, e quatro contra, entre eles, Udo Döhler.

Uma crise pode ser instalada apenas pela falta de habilidade política e respeito às tradições e legalidade na Associação, já que a decisão unilateral de Udo pode ser derrubada pelos demais Prefeitos em votação na assembleia geral. Ficaria péssimo para a imagem do Prefeito de Joinville que já amarga baixíssima aceitação na maior cidade de Santa Catarina. Vamos acompanhar os próximos capítulos.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.