Começa a dança das cadeiras em Joinville (SC)

Ninguém aposta que as eleições serão adiadas. Pelo menos no mundo político e na administração pública. Dia 4 de abril é a data limite para a troca de partido e filiação. De Joinville chega a notícia da saída de secretários, não se sabe se para a disputa, ou apenas por abandono do barco ao final da gestão do prefeito Udo Döhler (MDB).

A Prefeitura de Joinville informa que, a partir desta quarta-feira (1/04) Danilo Conti deixa a Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud). Conti será substituído pelo atual diretor executivo da Sepud, Rafael Bendo. Funcionário de carreira da prefeitura desde 2008 (ingressou como geógrafo), Bendo entrou na Sepud em 2017, onde exerceu as funções de gerente e diretor executivo.

Outra mudança anunciada nesta quarta é a saída de Francieli Cristini Schultz da diretoria executiva da Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot). Francieli retorna à função de procuradora na Prefeitura de Joinville. Suas atribuições na Seprot serão assumidas pela diretora executiva do Departamento de Trânsito de Joinville (Detrans), Irineia da Silva, que acumulará a diretoria do Detrans e Seprot.

Fontes afirmam que não serão candidatos.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.