Médicos Residentes – Udo Döhler volta atrás após forte pressão popular e de entidades

PalavraLivre-udo-dohler-prefeito-saude-cortes-medicos-residentesNa noite desta quarta-feira (10) o Prefeito Udo Döhler voltou atrás na decisão que havia tomado na última sexta (5), de cortar o número de médicos residentes no Hospital Municipal São José de Joinville (SC).

A Prefeitura alegava, ao anunciar os cortes, que teria uma economia de R$ 1,3 milhão ao ano nas finanças do município.

Imediatamente entidades como a Sociedade Joinvilense de Medicina, CDL, Ajorpeme e os próprios residentes fizeram duras críticas e pressão sobre a decisão do governo. A SJM já havia decidido ingressar na justiça contra a medida, por considera-la inconstitucional e altamente prejudicial à saúde da população.

A decisão foi criticada também por opositores e futuros candidatos à Prefeitura como Darci de Matos (PSD), Marco Tebaldi (PSDB), deputados estaduais, e até dentro do seu partido, o PMDB.

Nas redes sociais a repercussão foi altamente negativa, desgastando fortemente a já enfraquecida imagem do governo e do Prefeito.

Fontes da Prefeitura negam que o apelo popular e das entidades foi o fato para o recuo de Udo Döhler, mas sim porque o corte em Joinville, poderia afetar o Programa de Residentes em outras regiões do Brasil.

Da redação do Palavra Livre

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.