Cunha é vaiado em congresso do PMDB em Brasília (DF)

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que participou nesta terça-feira (17) do congresso da Fundação Ulysses Guimarães, foi vaiado por militantes do partido. Antes de iniciar seu discruso, Cunha foi alvo de gritos de “Fora, Cunha”. O peemedebista ignorou o fato.

Na segunda-feira, o deputado Fausto Pinato (PRB-SP), relator da ação contra o presidente da Câmara dos Deputados, no Conselho de Ética, anunciou nesta segunda-feira que protocolou parecer preliminar favorável ao andamento do processo, dizendo que preenche todos os requisitos de admissibilidade.

– Cheguei à conclusão de que o processo deve ter seguimento por preencher todos os requisitos de admissibilidade, ou seja, indícios, legitimidade, entre outros – disse Pinato em entrevista coletiva.

O pedido de abertura de processo contra Cunha baseia-se na denúncia, feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR), de que Cunha possui contas bancárias na Suíça, após ele ter negado essa informação em CPI na Câmara.

Entre os indícios citados por Pinato está a denúncia da PGR contra Cunha e outros documentos, além da transcrição da fala de Cunha à CPI da Petrobras.

O deputado disse que solicitou à presidência do Conselho de Ética a antecipação da reunião do colegiado, marcada originalmente para o dia 24 deste mês, para analisar seu parecer preliminar.

O processo contra Cunha no Conselho de Ética foi apresentado no fim do mês passado por PSOL, Rede e deputados de outros partidos. Na semana passada, a bancada do PSDB na Câmara posicionou-se favorável ao afastamento de Cunha da presidência da Câmara.

O presidente da Câmara repetiu reiteradas vezes o que declarou à CPI: que não possui contas além das que constam na sua Declaração de Imposto de Renda.

Com informações do Correio do Brasil

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.