Joinville começa a debater planos cicloviário e de caminhabilidade

A Prefeitura de Joinville, através do Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville (Ippuj), inicia na próxima terça-feira (3/11) uma série de debates para implantação dos planos cicloviário e de caminhabilidade.

Os temas fazem parte dos projetos complementares do Plano de Mobilidade (PlanMob) aprovado em março deste ano. Além destes, o PlanMob também prevê ações como a adequação do plano viário e a implantação do estacionamento rotativo.

O presidente do Ippuj, Vladimir Constante, explica que na discussão dos planos serão desdobradas as metas gerais descritas no PlanMob.

“Será o momento de explicar de que forma pretendemos atingir estas metas”, comenta. No caso das bicicletas, a meta é de implantar 730 km de ciclovias. Já para o transporte a pé, uma das metas prevê melhoria na avaliação das calçadas.

Assim como ocorreu com o PlanMob, os planos cicloviário e de caminhabilidade serão aprovados por decreto, ficando a cargo do Legislativo a aprovação da Lei das Calçadas. Constante prevê a conclusão dos planos até o final de 2015.

“Depois destas consultas públicas, o documento passa para a elaboração do texto e em seguida faremos uma audiência pública”, descreve.

Na terça-feira (3/11), às 19 horas, técnicos do Ippuj iniciam a programação com abordagem sobre as diretrizes e metas do PlanMob para o eixo transporte por bicicleta e projetos cicloviários. Constante esclarece que o Plano de Mobilidade é um documento que contém metas e prazos bem definidos, cujo planejamento contempla ações para 30 anos.

Na sequência, palestra sobre integração das vias cicláveis de Joinville e trabalhos de extensão realizados, como o diagnóstico e índice cicloviário, aplicativo Bike Trilhas e blog. O tema será abordado pelo professor Fabiano Baldo, da Udesc.

Os grupos Pedala e Bicicletada contribuem com palestras e ideias sobre o modal para o Plano Cicloviário. A partir das 21 horas iniciam os debates sobre os temas.

Na quarta-feira (4), os trabalhos iniciam às 8h30 com reunião do grupo técnico infraestrutura cicloviária, em sala de reuniões do Ippuj. Às 13h30 se reúne o grupo técnico legislação e educação.

Caminhabilidade
Quinta-feira (5) é a vez dos estudos sobre o projeto de caminhabilidade. No Museu da Bicicleta, o Ippuj apresenta, às 19 horas, os estudos sobre o eixo transporte a pé.

As palestras iniciam às 19h30. Na primeira, a servidora Patrine Macoppi, da Secretaria do Meio Ambiente, fala sobre a situação atual das calçadas de Joinville, quantitativos e fiscalização.

Às 20 horas, Mário Cezar da Silveira, do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Comde), aborda questões acerca da acessibilidade espacial nos deslocamentos a pé  e da legislação pertinente.

Antes dos debates, que iniciam às 21 horas, Andréa Pfützenreuter, da Universidade Federal de Santa Catarina, faz relato sobre os índices de caminhabilidade e o grupo de pesquisa.

Na sexta-feira (6) encontros técnicos sobre infraestrutura e legislação, em sala de reunião do Ippuj, encerram a programação.

Com informações da Secom/PMJ

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.