Comissão Nacional de Incentivo à Cultura aprova 180 projetos culturais

projetoA Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), responsável por analisar propostas culturais encaminhadas ao Ministério da Cultura para obter apoio por meio da Lei Rouanet, aprovou, nesta semana, 180 projetos. Por causa dos elevados custos de locomoção e hospedagem durante a Copa, a reunião foi feita, excepcionalmente, on-line. Ao todo, a comissão avaliou 193 propostas que estavam na pauta dos meses de junho e julho. As aprovadas serão publicadas no Diário Oficial da União.

Inscrições abertas

Além disso, a CNIC está com inscrições abertas até 12 de setembro para quem se interessar em fazer parte da instituição entre 2015 e 2016. O edital foi publicado em 12 de maio no Diário Oficial da União, na seção 3. Atualmente, 21 representantes, entre artistas, empresários e membros da sociedade civil e do Estado fazem parte da comissão.

Podem participar do processo seletivo as entidades de caráter associativo de âmbito nacional representativas de setor cultural, artístico ou do empresariado nacional. Para isso, é necessário preencher o formulário de inscrição e encaminhar a documentação exigida no certame, digitalizada, para o e-maileditalCNIC@cultura.gov.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.