Anibal Diniz afirma que o país investiu 212 vezes mais em educação e saúde do que na Copa

Senador Anibal Diniz (PT-AC) discursa em sessão de homenagem aos 90 anos do Partido Comunista do BrasilO senador Anibal Diniz (PT-AC) disse que a população precisa receber informações corretas sobre os investimentos feitos para a realização da Copa do Mundo, para verificar que não é verdadeira a alegação de que o governo deixou de investir em educação e saúde para construir estádios.

Anibal Diniz disse que de 2010 a 2013 foram investidos R$ 8 bilhões nos estádios para a Copa, mas observou que nesse mesmo período os investimentos em educação e saúde foram mais de R$ 1,7 trilhão, 212 vezes o que foi destinado às arenas.

Além disso, ressaltou o senador, na preparação também foram construídos, reformados ou ampliados aeroportos, rodovias, portos e vias, um legado que permanecerá no país depois da Copa. Por isso, Anibal Diniz concorda com a presidente Dilma Rousseff que afirmou que “os pessimistas se enganaram porque o país vai ter a copa, sim”.

– Pelo menos 3 bilhões de pessoas verão o espetáculo oferecido pelas  32 melhores seleções de futebol do planeta. Torcemos para que o  Brasil faça realmente bonito, dentro e fora de campo. E o mais importante: que o Brasil possa sediar uma Copa pela paz, pela inclusão, pelo diálogo, e contra todas as formas de violência e de preconceito. E, de preferência, vamos torcer para que a seleção conquiste o hexa – disse o senador.

Fonte: Senado Notícias.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.