Transparência Zero na Companhia Águas de Joinville, até quando?

Águas de Joinville não promove a transparência pública como manda a lei. Será preciso também um TAC?
Águas de Joinville não promove a transparência pública como manda a lei. Será preciso também um TAC?

Transparência Zero na Águas de Joinville! A Companhia Águas de Joinville não preza pela transparência dos seus atos, dos seus gastos, de nada! Não há como o cidadão comum saber, por exemplo, quanto ganham seus diretores, quanto recebem e como recebem os conselheiros, quanto está sendo gasto em publicidade, e onde..

O estímulo à transparência pública é um dos objetivos essenciais da moderna administração pública! A ampliação da divulgação das ações governamentais a milhões de brasileiros, além de contribuir para o fortalecimento da democracia, prestigia e desenvolve as noções de cidadania.

Quem diz isso é a CGU – Controladoria Geral da União, órgão que fiscaliza e acompanha tudo pelo nosso país. Porque o governo Udo, tão transparente como diz ser, não deixa os dados à mostra? O que dificulta tanto uma empresa altamente superavitária, com investimentos gigantes em saneamento em andamento não dispor de todos os dados, como manda a Lei?

Vamos lá governo Udo, menos miragens publicitárias e mais transparência, já! Quem sabe eles respondem algo, porque também na comunicação este governo do PMDB só entende a via de mão única, não gosta de dialogar.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.