ONU faz reunião de emergência para tratar da crise no Leste da Ucrânia

ucraniaO Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) faz uma reunião de emergência na noite de hoje (13), em Nova Yorque, para analisar a situação no Leste da Ucrânia. Mais cedo, o porta-voz da diplomacia russa, Alexandre Lukachevich, havia divulgado a informação de que a Rússia queria uma reunião urgente do conselho sobre a crise no Leste ucraniano.

“A parte russa vai levar a situação de crise com urgência, ao Conselho de Segurança da ONU e junto da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa”, declarou Alexandre Lukachevich.

O presidente ucraniano interino, Olexandre Turchinov, acusou hoje a Rússia de “conduzir uma guerra contra a Ucrânia”, dirigindo-se à nação um dia após ataques de grupos armados pró-russos no Leste do país. “O sangue foi derramado na guerra que a Rússia trava contra a Ucrânia”, disse, adiantando ter lançado “uma grande operação antiterrorista” para acabar com os confrontos. “O agressor não para e continua a organizar tumultos no leste do país”, acrescentou.

Turchinov insistiu que Kiev não deixará “a Rússia repetir o cenário da Crimeia nas regiões do leste”, numa referência à anexação da península ucraniana no Mar Negro à Rússia.

“Todos os que apoiam os agressores e os ocupantes, que conduzem a luta armada contra a nossa pátria, não escaparão à punição e à sua responsabilidade”, disse. O presidente reiterou, no entanto, a sua oferta de uma anistia para os participantes nos ataques que deponham as armas “antes da manhã de segunda-feira (14)”.

Do EBC.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.