Definida pré-candidatura de Afrânio Boppré ao governo de SC

afranioO PSOL definiu no último domingo a pré-candidatura do vereador e economista Afrânio Boppré ao governo de Santa Catarina. A decisão se deu durante a Conferência Eleitoral do partido, com representantes de 14 municípios do Estado.
O deputado estadual Sargento Soares foi indicado como possível nome ao Senado. Entretanto, o parlamentar solicitou alguns dias para consultar as bases do movimento da Polícia Militar, liderados pela Aprasc.
Segundo Afrânio, o governador Raimundo Colombo tenta construir uma “mega-aliança” para construir um cenário eleitoral sem adversários. “o PSOL é a alternativa para combater a velha política. É o partido capaz de fazer valer a energia que mobilizou o Brasil no mês de junho.Nosso compromisso é de mudança em Santa Catarina e no Brasil”.
Os socialistas se reuniram na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Previdência (Sindprevs-sc), e além de definirem o nome do candidato ao governo, debateram o cenário político catarinense e possíveis alianças à esquerda para o pleito.
A Conferência decidiu abrir conversas com o PSTU e o PCB, além de buscar diálogo com outras organizações não partidárias, como as Brigadas Populares e a Consulta Popular.
Perfil
Em seu primeiro mandato de vereador, Afrânio Boppré foi vice-prefeito de Florianópolis (1992-1996) e deputado estadual (2001-2006). Além disso, foi presidente nacional do PSOL (2009-2010) e coordenador da campanha de Plínio de Arruda Sampaio à Presidência da República em 2010. É formado em Economia e Mestre em Geografia pela UFSC, e atualmente, leciona economia no curso de direito do Cesusc, na Capital.
Fonte: Leonel Camasão.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.