João Paulo Cunha quer continuar a exercer mandato

A defesa do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) pediu autorização à Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal para deixar o Presídio da Papuda, no Distrito Federal, durante o dia para exercer o mandato. Cunha foi preso na terça-feira (4) para cumprir a condenação na Ação Penal 470, o processo do mensalão, mas decidiu não renunciar ao cargo.

De acordo com o pedido apresentado à Justiça do Distrito Federal, o deputado também quer autorização para deixar o presídio para continuar a cursar faculdade de Direito. Cunha cumpre pena inicial de seis anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto pelos crimes de corrupção e peculato.

Após ser comunicada pelo STF sobre a prisão, a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados marcou para a próxima quarta-feira (12) uma reunião para decidir se o processo de cassação do mandato de João Paulo Cunha será aberto.

Fonte: EBC

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.