Menina passa Natal com avó no Rio após 6 anos morando em orfanato

Para muitos, o bom Natal é Papai Noel trazer presentes. Para outros o bom presente mesmo pode ser o reencontro, como o de uma avó que vivia separada de uma neta. Pela primeira vez, depois de seis anos longe de casa, – afastada pela Justiça do pai que a maltratava – ela terá uma família.

“Saudades, né, minha filha. Tem nem palavras, muito emocionante, pensei que nunca fosse chegar esse dia”, disse a avó, que, finalmente, realizou o sonho de obter a guarda da neta.

Um dos segredos do Natal foi revelado pela reportagem do RJTV: os papais noéis se preparando para esta noite.

A transformação desses vinte homens em papais noéis começou às 15h e dura cerca de duas horas. De um hotel, na Praça Tiradentes, no Centro do Rio, eles partirão em comboio para a Zona Oeste, Zona Norte e Zona Sul da cidade.

Cada Papai Noel irá a sete residências. São atores contratados pelas famílias. Mas nem sempre o espírito de Natal depende da roupa ou maquiagem, mas sim da generosidade das pessoas.

As crianças cercaram o carro cheio de brinquedos, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Quem trazia era um Papai Noel, tal como os meninos e meninas imaginavam.

“Ele é tão bonito, adorei ver ele”, disse um menino.

Por trás da barba, o adulto estava ainda mais feliz do que os pequenos. “Esse momento vai ficar marcado eternamente na minha vida”, disse o Papai Noel.

Em um asilo, Papai Noel chegou de moto.Os idosos ganharam um kit com roupas e artigos de higiene montado pelos amigos do taxista e motociclistas Paulo Cesar da Silva. “Você ver senhores de 80 anos beijando a sua mão e agradecendo por estarmos aqui não tem preço”, disse Paulo Cesar.

Aa emoção de doar para crianças de um educandário no Flamengo, na Zona Sul da cidade, também é grande.

“Não tem como você não se emocionar, vir num lugar desses, trazer seus filhos. e dar um pouco disso, né?, disse o produtor Eduardo Carvalho.

Os presentes, escondidos na sala da diretora, serão colocados na cama de cada uma delas.

Do CBN.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.