Professor Nota 10: Duas professoras da rede municipal de Joinville são finalistas

Duas professoras da rede municipal de educação de Joinville estão entre as 20 finalistas do prêmio nacional Professor Nota 10, oferecido pela Fundação Victor Civita, em parceria com a Editora Abril. Elas disputam o título de Professor Nota 10 com docentes de todo o Brasil e já foram premiadas com um tablet pela relevância dos projetos desenvolvidos em sala de aula. Joinville é a única cidade do Estado a ter finalistas e uma das únicas do país a ter mais de um professor na disputa. No total, mais de 3 mil profissionais se inscreveram na premiação.

No toque da terra, no banho de balde e na superação do ambiente fechado das salas de aula reside a criatividade e a inventividade do projeto “Explorar para Aprender”, desenvolvido pela professora Marlene Steffens, do CEI Miosótis. Ela trabalhou com alunos do berçário – de 0 a 1 ano – e investiu nas possibilidades de levá-los para o ambiente externo e apresentá-los ao mundo para além da sala de aula.

“A areia, o gramado, os banhos de balde foram elementos que serviram ao projeto. Foi feita muita pesquisa para se chegar a um conceito e para tirar as crianças do ambiente fechado”, comenta a professora, uma das três representantes da educação infantil entre os 20 finalistas. “Sempre ouvi que no berçário não era possível pensar em projetos, mas fui atrás para explorar essas sensações”, destaca.

Para a professora Rosiane Ribeiro, da Escola Municipal Sadalla Amin Ghanem, o objeto que poderia estimular os alunos em sala de aula também estava fora dos muros. Ela decidiu trabalhar o mundo dos felinos nas aulas de Português dos 3º anos do Ensino Fundamental. “Tivemos várias etapas ao longo de um trimestre, que começou com um processo de encantamento pelo tema e terminou com um livro, cujas ilustrações e textos foram totalmente feitos pelos alunos”, conta.

O projeto “Conhecendo os Felinos Brasileiros” aguçou a curiosidade dos estudantes ao apresentar a eles o universo dos animais. A partir de pesquisas, as crianças tiveram acesso a informações sobre a onça pintada, o gato maracajá e outras seis espécies. “O objetivo era trabalhar a leitura de uma forma prazerosa, por isso eu tinha que aguçar a curiosidade da turma e encantá-los com o universo dos felinos”, lembra.

Marlene e Rosiane continuam na disputa pelos 10 prêmios principais, com o título de “Professor Nota 10” e um reconhecimento no valor de R$ 15 mil. Como estão entre as 20 finalistas, elas receberão um tablet e a assinatura da revista Nova Escola ou Gestão Escolar, da Editora Abril. O resultado será divulgado em outubro, na semana do dia do professor, celebrado dia 15.

Criado em 1998, o Prêmio Victor Civita Educador Nota 10 é a principal iniciativa da Fundação Victor Civita para a valorização do trabalho docente e a disseminação de práticas educativas de sucesso. A rede municipal de Joinville tem finalistas há pelos menos três edições consecutivas (2011, 2012 e 2013).

Da PMJ

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.