Produtos da Reforma Agrária estão em feira promovida por assentados em SC

Bons negócios e uma imagem positiva dos assentamentos. Estes foram os principais resultados da feira de produtos da reforma agrária que aconteceu no último sábado (17) no centro de Timbó Grande, e reuniu produtores assentados do município e região. A oferta variada de produtos de qualidade como frutas, legumes e verduras, garantiu o sucesso de vendas e de público, e os organizadores já marcaram a próxima feira para o dia 7 de setembro, para aproveitar o fluxo de pessoas no centro da cidade.

A feira foi promovida pela prefeitura de Timbó Grande, em associação com os técnicos que atuam em assistência técnica e extensão rural (ATER) e agricultores assentados. O objetivo principal é buscar novas fontes de renda, com a conquista de mercados locais por meio da oferta de produtos de qualidade, com origem no próprio município. A estratégia visa ampliar as possibilidades de negócios além dos mercados institucionais como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação escolar (PNAE).

O técnico de ATER, Leonardo Fiorentin, destacou a satisfação dos produtores com as vendas, ao revelar que nenhum agricultor teria retornado à sua casa com produtos perecíveis. “O que não foi vendido diretamente aos consumidores durante a feira, foi vendido aos supermercados da região”, disse Fiorentin. Além dos produtos in natura, foram ofertados embutidos, panificados, peixes, derivados de leite, doces, geleias, mudas orgânicas e artesanatos. Músicos locais e assentados também animaram a feira durante todo o dia.

Nesta edição participaram 18 produtores dos assentamentos Perdiz Grande, Nova Cultura e Cristo Rei, do município de Timbó Grande (SC), e Vida Nova, de Santa Cecília (SC). Os planos dos organizadores visam transformar a feira em um evento quinzenal, ampliando o número de produtores participantes.

Planejamento

A promoção de feiras como alternativa de renda às famílias assentadas constitui parte de um projeto mais amplo, denominado Programa de Desenvolvimento Sustentável Integrado (PDSI), que atua em parceria com o Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS), do Banco do Brasil. Atualmente em fase de reformulação do planejamento, os dois programas buscam a estruturação dos assentamentos e o desenvolvimento econômico e social das famílias beneficiadas pelo programa de reforma agrária em Santa Catarina.

Do Incra

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.