Saúde: Começa a funcionar a Central Regional de Regulação de Leitos de internação

AVC5A 23ª Gerência Regional de Saúde (Gersa), responsável pelas macrorregiões Nordeste e Planalto Norte, iniciou, nesta segunda-feira, 3, em Joinville, as operações da primeira central reguladora de leitos de internação no Estado. O local fará a gestão das solicitações e encaminhamentos de pacientes em estado de urgência e emergência para os hospitais referenciados. A Secretaria de Estado da Saúde pretende implantar outras sete centrais regionais em Santa Catarina, além de uma regulação estadual, em um período de até seis meses.

Equipes formadas por médicos e operadores atenderão por telefone os pedidos de 26 municípios abrangidos pelas Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) de Joinville, Jaraguá do Sul, Mafra e Canoinhas. Por meio do Sistema de Regulação (Sisreg), os atendentes poderão verificar as disponibilidades de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e de cuidados prolongados, conforme a demanda requerida pela unidade prestadora dos primeiros atendimentos. O serviço funcionará diariamente, das 7h às 19h, em uma sala da sede da 23ª Gersa.

Conforme explica a superintende de Regulação, Lisiane Bittencourt, a regulação de leitos de internação vai aproximar os serviços de saúde pública da população, já que os profissionais trabalharão para que as os pacientes sejam atendidos próximo ao seu endereço de residência. “Haverá médicos reguladores em todas as macrorregiões. Essas equipes vão levantar onde há leitos de internação disponíveis e encaminhar os pacientes”, explica a superintendente de Regulação.

É também uma medida que cumpre as exigências do Ministério da Saúde, que determina o funcionamento de complexos reguladores. Através da tecnologia Sisreg, já vem sendo feito também o agendamento de consultas especializadas, bem como de exames e procedimentos.

O secretário de Estado da Saúde, Dalmo Claro de Oliveira, ressalta que Santa Catarina será pioneira no Brasil com 100% de cobertura de regulação de leitos. “Com isso, vai diminuir substancialmente a ‘ambulancioterapia’, pois o objetivo do governo é que as pessoas sejam atendidas em unidades de saúde distantes até 100 quilômetros de sua casa”.

Municípios das macrorregiões: Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Bela Vista do Toldo, Campo Alegre, Canoinhas, Corupá, Garuva, Guaramirim, Irineópolis, Itaiópolis, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Major Vieira, Massaranduba, Monte Castelo, Papanduva, Porto União, Rio Negrinho, São Francisco do Sul, São João do Itaperiú, Schroeder e Três Barras.

Local: Gerência Regional de Saúde
Rua: XV de Novembro, 70 – Centro – Joinville

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.