Poliomielite: mais de 15 mil crianças ainda precisam tomar a vacina

ze_gotinhaA Secretaria da Saúde imunizou 17.217 crianças contra a paralisia infantil desde o sábado (8/6) , Dia D da Campanha, até a última terça-feira (11/6). O número representa 54,43% da meta, que é de alcançar 32.655 com idade entre seis meses a menores de cinco anos. Para tomar a gotinha, os pais devem levar a criança, munida de carteira de vacinação, em uma das 55 unidades de saúde ou na Sala de Vacinação Central, na rua Itajaí, conforme horário de funcionamento da unidade.

A preocupação neste ano, segundo a responsável técnica pela Imunização, Maria Goreti Cardoso, é com o início do ciclo de turismo que inicia no Brasil, com a chegada de pessoas de todas partes do mundo para a Copa das Confederações. “O vírus está erradicado no Brasil, mas há países endêmicos ainda”, ressalva.

Em 1994, o Brasil recebeu o Certificado Internacional de Erradicação da Transmissão Autóctone do Poliovírus Selvagem e, a partir de então, o país assumiu o compromisso de manter altas coberturas de vacinação entre as crianças até os cinco anos de idade. Os últimos casos da doença em Santa Catarina foram registrados em 1989, nos municípios de São José, Caçador e Laguna.

A poliomielite é uma doença grave, de fácil transmissão, normalmente fecal e oral, que afeta o sistema nervoso e provoca a paralisia, principalmente dos membros inferiores, e que pode ser prevenida através de vacina.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.