Feirão da Casa Própria em Joinville a partir de 31 de maio

house-handNa sua 9ª edição, o Feirão Caixa da Casa Própria já é o maior evento do segmento imobiliário e proporciona à sociedade brasileira a escolha da moradia ideal. Em Joinville o volume de vendas no evento deve chegar a mais de 100 milhões de reais, superando o ano anterior. Estatísticas do evento confirmam que o volume de concretização dos negócios no pós-evento chega ao dobro do volume gerado durante os dias do Feirão, que será realizado no Expocentro Edmundo Doubrawa, em Joinville/SC – Dias: 31 de maio a 02 de junho de 2013, nos seguintes horários: Horários: 31 – 16h às 21h e    01 e 02 – 10h às 21h.

No primeiro trimestre de 2013no Estado de Santa Catarina, a CAIXA assinou 19.382 contratos habitacionais, no total de R$ 1,4 bilhões em financiamentos. Com recursos provenientes do FGTS, foram 6.048 contratos, referentes a R$ 671 milhões. Já com recursos do SBPE, foram assinados 3.112 contratos, que somam R$ 572 milhões

Serão mais de 100 stands no evento e 45 expositores diferentes, que oferecerão produtos na cidade e região para moradia própria e investimento. Imóveis que vão variar entre 52 mil e 2,6 milhões, aptos a serem negociados à vista ou financiados, com valores diferenciados, podendo começar a pagar a primeira prestação em janeiro de 2014. A condição é válida para financiamentos com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que forem concedidos durante no Feirão ou em uma das agências da CAIXA.

Em 2012, mais de 22 mil pessoas visitaram o Feirão em Joinville, onde foram assinados e encaminhados o equivalente a mais de R$ 100 milhões em negócios. Este ano, o evento contará com cerca de aproximadamente 45 expositores entre construtoras e imobiliárias.

Como funciona o Feirão:

O evento reúne, num único espaço, representantes de todo o segmento da habitação: construtoras, corretores, cartórios e técnicos da própria CAIXA, responsáveis por analisar e autorizar os financiamentos. O cliente pode conhecer o imóvel, dar entrada na documentação necessária ao financiamento e até fechar o negócio.

Condições: 

As linhas de financiamento para a casa própria da CAIXA atendem a todas as faixas de renda familiar, com prazo de pagamento de até 35 anos. As taxas de juros são a partir de 4,5%.

Atendimento:

Mais de 50 empregados da CAIXA, especialistas em habitação, prestarão atendimento no Feirão de Joinville. Eles detalharão, ao público, informações sobre linhas de crédito, efetuarão simulação do valor de financiamento e aprovação dos créditos, dentre outros serviços.

Para requerer o crédito para casa própria no Feirão, basta levar documento de identidade, CPF e comprovante de renda. Os interessados também podem obter informações em todas as agências da CAIXA e pelo Serviço de Atendimento ao Cliente do banco (0800-726-0101), disponível 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana. E ainda obter simulações do crédito imobiliário no endereço www.caixa.gov.br.

O prazo do financiamento imobiliário é de até 35 anos e as taxas de juros, dependendo das condições de renda e valor do imóvel, são a partir de 4,5% a.a.

Crédito Imobiliário no Brasil cresce 39% em 2013:

Até o dia 20 de abril de 2013, a CAIXA assinou 409 mil contratos habitacionais, no valor total de R$ 36,1 bilhões em financiamentos. O volume representa um crescimento de 39% em relação ao mesmo período do ano passado, quando contratou R$ 25,9 bilhões.

O valor médio diário em financiamentos atingiu R$ 481 milhões e o número de contratos assinados, por dia, chegou a 5.464. Para imóveis novos, foram destinados 66% de todo o montante contratado no período, o que corresponde a R$ 23,8 bilhões.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.