Agradecendo mais um ano de vida

Dia-Gratidao1O que dizer de um dia como esse, 22 de maio? O dia que vim a este mundão para ver, viver e vencer? Só posso agradecer, e muito. Agradecer a Deus, o Criador de todas as coisas por ter me concedido a graça de vir de minha mãe, dona Isolde, e de meu saudoso pai, seu Zeny.

Agradecer pela vida, tudo que ela me ensinou. Das dificuldades, dos problemas, das alegrias, vitórias. Agradecer pela saúde, pela família, pelos trabalhos e projetos que tive e tenho, em todos os setores que as oportunidades me abriram, e eu abri também.

Agradecer pelos inúmeros amigos e amigas que tive e se foram; que tive e estão longe; que tive e se afastaram; que tive e me ajudaram, que tive e ajudei, que tenho, todos, virtuais, virtuais e físicos, amigos, tantos que me emocionaram com centenas de mensagens carinhosas que chegaram, que ainda chegam, e que chegarão! Nem tenho como agradecer a todos… muuuuitoooo obrigadooooo a todos!

Agradecer finalmente à quem acredita neste homem que ainda é criança, e que busca ser e fazer a verdade a cada dia de vida que é concedido. Que busca ser alguém melhor, fazer algo de bom sempre… Agradecer imensamente a minha esposa Gi Rabello, mulher que é luz em minha vida, parceira e amiga de todos os momentos, todos mesmo, que me faz feliz em plenitude, junto com a filhota Rayssa.

Obrigado, obrigado mesmo a todos e todas que ainda acreditam que o mundo possa ser mais humano, solidário, bastando para isso pequenos gestos, respeito e gentileza, honestidade e valores, pequenos gestos de carinho e atenção como recebi hoje, desde a primeira hora do dia!

Obrigado, sou grato por tudo que a vida me proporcionou até hoje! Abraços a todos e todas!

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.