Petrobras patrocina projeto social no PR voltado a formação em informática

PETROBRAS-2O projeto “Aprender & Crescer”, patrocinado pela Petrobras, selecionou, neste ano, 120 jovens que receberão bolsa integral nos cursos de análise de suporte em software e programação. O projeto é da Sudotec – Associação para o Desenvolvimento Tecnológico e Industrial do Sudoeste do Paraná. Os jovens selecionados são de Araucária (PR) e terão a oportunidade de conhecer o mercado de tecnologia, seus segmentos e possibilidades, além de serem capacitados. O projeto também visa despertar nos jovens o empreendedorismo por meio de ferramentas disponíveis na Internet.

O “Aprender & Crescer” já capacitou mais de 200 jovens no sudoeste do Paraná e é patrocinado por meio da seleção pública Integração Petrobras Comunidades (IPC). Esse patrocínio é conduzido pela Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar). A primeira fase do projeto consiste na seleção dos alunos, provenientes de escolas públicas e privadas de Araucária (PR), que receberão bolsa integral de estudos nos cursos.

Integração Petrobras Comunidades
A Integração Petrobras Comunidades é uma Seleção Pública alinhada às diretrizes do programa Desenvolvimento & Cidadania. Em sua segunda edição, destinou cerca de R$ 14 milhões, em um período de dois anos, para projetos sociais nas linhas de: geração de renda e oportunidade de trabalho, educação para a qualificação profissional e garantia dos direitos da criança e do adolescente. As iniciativas devem ser desenvolvidas em comunidades do entorno de unidades da Petrobras nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. No Paraná foram contemplados projetos voltados aos municípios de Matinhos e Curitiba.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.