Educação: Conselhos Estadual e Municipal debatem articulação de ações

educacaoCerca de 200 participantes, representando 55 conselhos e entidades ligadas à educação participam, nesta terça-feira (16), da II Reunião do Conselho Estadual com os Conselhos Municipais de Educação. O evento ocorre no Anfiteatro do Bom Jesus/Ielusc e discute, entre outros assuntos, a articulação e a parceria entre os conselhos e os entes federados.

A reunião representa a continuidade da política do Conselho Estadual de Educação de manter um diálogo constante com os Conselhos Municipais de Educação e com as Secretarias Municipais de Educação, com o objetivo de consolidar os Sistemas Municipais de Ensino. “Devemos entender como cada um de nós pode contribuir para fazer a educação caminhar sempre para a frente”, destacou o presidente do CEE/SC, Maurício Fernandes Pereira.

Além do presidente do CEE, representantes do governo estadual, de instituições privadas de ensino e conselheiros também participaram da solenidade de abertura. O secretário de Educação de Joinville, Roque Mattei, destacou a importância do evento para se discutir a colaboração e a integração dos conselhos com os órgãos do poder público. “Precisamos construir a educação numa visão crescente e de melhoria contínua, nos preparando para um cenário de avanço da população e de aumento da competição”, disse.

Durante a programação, o professor Osmar Mattiola, da Diretoria de Articulação entre Estados e Municípios, falou sobre o regime de colaboração e de parceria entre os sistemas de ensino em Santa Catarina no que se refere à oferta de vagas para o Ensino Fundamental. “Temos de nos articular para harmonizar ações sem ferir a autonomia legislativa”, disse. Segundo ele, garantir vagas na rede para o ensino obrigatório dos 4 aos 17 anos é um dos maiores desafios da educação. “A educação básica para todos é nosso maior desafio. Depois vem a superação das desigualdades locais e sociais”.

O secretário de educação de Joinville, Roque Mattei, lembrou que mesmo com índices de destaque em rankinks como o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica ), a cidade precisa se manter articulada aos conselhos. “A vinda de uma reunião como essas para a cidade é saudável e proporciona que tenhamos um entendimento sobre a colaboração entre conselhos e entes federados, possibilitando um trabalho de forma articulada e garantindo mais qualidade à educação”.

O evento terá, durante toda a tarde, discussões sobre o dia a dia de um Conselho Municipal e sobre suas funções. Além disso, haverá espaço para debate e divulgação do Plano de Ação 2013-2015 da União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME) .

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.