Defensoria Pública de SC: Dresch critica posição de Kennedy Nunes

O deputado Dirceu Dresch criticou a posição do deputado Kennedy Nunes (PSD), que na tribuna do Legislativo manifestou-se contra a participação da Defensoria Pública Estadual no trabalho de mutirão da  Força Nacional da Defensoria Pública que fará a revisão dos processos de execução penal de 8 mil detentos que estão sob custódia do Estado em oito cidades catarinenses, além de avaliar as condições do sistema prisional.

Dresch  considerou a fala de Kennedy preconceituosa. “Vejo preconceito em sua posição. Essa visão de que maltratar preso serve de exemplo para a sociedade é grotesca. Temos que nos preocupar em ressocializar essas pessoas. Todo ser humano, onde estiver, deve ter o seu direito assegurado, e isso inclui o direito à justiça. São muitos os apenados que já cumpriram suas penas e continuam dentro dos presídios porque não dispõem de advogado para acompanhar o processo.”

O petista também lembrou que o mutirão faz parte do plano de ação de combate à criminalidade no estado, deflagrado em função da onda de ataques iniciada no final do ano passado, e tem como objetivo apaziguar o clima tenso dentro das unidades prisionais.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.