Dança: Joinville sediará campus da dança na Universidade Nacional das Artes

LHS_Marcadante1O ministro da Educação, Aluizio Mercadante, informou ao senador Luiz Henrique (PMDB-SC) que Joinville deverá sediar o campus para formação de professores de dança da futura Universidade Nacional das Artes. Ele disse que a supervisão poderá ser da Escola do Balé Bolshoi do Brasil, com sede na cidade.

Ao receber em audiência o senador e a direção do Bolshoi no Brasil, o ministro informou que até dezembro a Escola receberá o certificado como entidade beneficente de assistência social. O registro permitirá ao teatro economizar R$ 920 mil anuais – informação recebida com alívio por ser indispensável à renovação do contrato por mais cinco anos com a escola russa no próximo ano.

Luiz Henrique lembrou ao ministro que, na verdade, o Bolshoi de Joinville é uma escola técnica que há treze anos forma bailarinos hoje trabalhando em vários países do mundo, inclusive na Rússia.

O ministro disse que aproveitará a experiência e o modelo do Bolshoi do Brasil na criação da Universidade Nacional das Artes – cujo objetivo é aproveitar e desenvolver os talentos nacionais nos diversos campos artísticos. E acatou sugestão do senador de firmar convênios com o programa Ciência Sem Fronteiras com esse objetivo.

Luiz Henrique passou ao ministro todos os contatos internacionais que poderão auxiliá-lo na criação da nova universidade. E adiantou que o Centro Tecnológico de Santa Catarina poderá funcionar como importante braço da instituição.

Acompanharam o senador na audiência o presidente do Bolshoi no Brasil, Valdir Steglich; o direito-geral, Pavel Kazarian; e a diretora administrativa, Célia Campos. Eles entregaram ao ministro relatório e um vídeo com informações sobre o funcionamento da Escola que já realizou mais de sessenta apresentações em dezenove Estados.

Eles informaram ao ministro que a Escola Bolshoi do Brasil já trabalha em parceria com as escolas públicas de Santa Catarina, que atuam paralelamente. Os alunos recebem diplomas do curso profissionalizante e de dança e se empregam com muita facilidade.

A Escola Bolshoi apresentará em Brasília mais um grandioso espetáculo de dança em novembro: o Quebra-Nozes. Na noite de ontem mais de cinco mil pessoas assistiram Don Quixote em homenagem aos dez anos do ministério do Turismo e do Dia Internacional da Dança.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.