Brasil desenvolve 1º caminhão extra pesado da Ford no mundo

A Ford apresentou, no Brasil e na Turquia, o primeiro caminhão da companhia no segmento extra pesado, com capacidade de tração para carregar acima de 47 toneladas e com motor acima de 400 cv.

O modelo, que será lançado até outubro no Brasil, foi desenvolvido nos estúdios da companhia em Camaçari, na Bahia, e já está sendo vendido no mercado europeu.

De acordo com Oswaldo Jardim, diretor de operações da Ford da América do Sul, os investimentos no projeto encerram metade do ciclo de R$ 670 milhões previstos pela Ford para o setor de caminhões no Brasil entre 2011 e 2015.

O veículo deve ser exportado para a Argentina, na América do Sul, mas não há planos para a venda do extra pesado na América do Norte. Segundo Jardim, o segmento de extra pesados já representa 40% da receita dos veículos comerciais no Brasil, com um faturamento de R$ 10,8 bilhões no País em 2012.

Em número de veículos, o segmento respondeu por 24,6% do total de caminhões, com 33,7 mil unidades. “Isso justifica a entrada da montadora nesse segmento que apresenta mais receita e mais margem e que deve responder por até 30% do setor até o final da década”, disse Jardim.

A montadora aposta que a melhoria nas estradas brasileiras e a logística mais sofisticada, além das obras de infraestrutura, devem ajudar no crescimento do segmento de extra pesados no País. “O Brasil é um país vigoroso, deve crescer de 3% a 4% ao ano e a produção de caminhões deve avançar em 10% ao ano nos próximos quatro anos”, disse Jardim.

A Ford não revelou ainda a motorização e nem o preço do modelo que será lançado até outubro, mas um protótipo apresentado nesta quarta-feira tem motor com 420 cavalos de potência. Na Europa, o motor utilizado é da FPT, que é uma subsidiária da Fiat Industrial.

Do Estado de S.Paulo

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.