Udesc Joinville avança no setor de pesquisa

Nos últimos 10 anos, a produção científica na Udesc Joinville aumentou cerca de 1000%. Conforme o Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Luiz Coelho, de apenas um artigo publicado em 1995, o número passou para 232 em 2011. Evolução também no número de cursos strictu-senso. De 1995 a 2011, o aumento foi de 700%. Nota-se também um rápido crescimento nos últimos cinco anos.

Atualmente, existem seis mestrados e um doutorado. Além disso, mais dois cursos de pós-graduação (Mestrado em Engenharia de Produção e Sistemas e Doutorado em Engenharia Elétrica) já foram aprovados no Conselho Universitário e aguardam apenas a aprovação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Se aprovados, iniciam as atividades em 2013.

“A médio e longo prazo caminhamos na Udesc Joinville para termos um curso de pós-graduação ligado a cada curso de graduação, certamente isto é um processo de construção, e quando atingido temos convicção que estaremos próximos de um ideal de Universidade. Costumo dizer que em 10 anos, isto pode ser realidade aqui na Udesc Joinville.”, prevê Coelho.

Somando-se os alunos regulares e os especiais tem-se quase 200 alunos matriculados na pós-graduação strictu-senso no CCT. Certamente assim que o mestrado de Engenharia Mecânica e o de Ciências da Computação atingirem um maior tempo de funcionamento este número irá crescer. Pode-se dizer, em perspectiva, que brevemente teremos uma relação de um aluno pós strictu-sensu para cada 10 alunos de graduação, em alguns anos. Ressalta-se que ainda temos a perspectiva de abertura de diversos cursos de pós-graduação no CCT-UDESC. Num horizonte de 10 anos, se cada curso de graduação tiver um mestrado e doutorado, a relação acima pode ter maior valor numérico.

Em relação a quantidade de mestres formados pela Udesc Joinville, novamente, se analisarmos em perspectiva estes números, teremos em alguns anos uma relação de um mestre ou doutor formado para 6 alunos de graduação formados por ano. Em ambos os casos, tanto no crescimento de cursos de mestrado/doutorado como no número de formandos na pós, a Udesc tem tido papel proativo por meio de seus programas de capacitação de docentes, programas de bolsas institucionais e mais recentemente através de investimentos em infraestrutura.

Segundo Luiz Coelho, a Pós-Graduação cresceu cerca de 100% na Udesc Joinville nos últimos quatro anos, quando na região Sul cresceu em torno de 20%. Só em 2011, a Udesc Joinville formou 40 mestres, número bastante significativo se comparado ao registrado em 1998, que foi de apenas dois. De lá pra cá, o crescimento vem sendo gradativo. “Pode-se dizer que nosso papel na formação de recursos humanos em nível de graduação e pós-graduação está sendo muito bem conduzido. Em parceria com outras Instituições da região iniciamos as atividades do Inovaparq em 2010, onde a iniciativa privada, academia e Estado estão presentes, formando o que os especialistas chamam de tríplice hélice da Inovação.

Temos cada vez mais interagido com o setor produtivo/estatal e agência de fomentos através de prestações de serviços e projetos de grande aporte fincanceiro (FAPESC, FINEP, CNPq, CAPES, ELETROSUL, CELESC, AEB, WEG entre outros), e nosso Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) está cada vez mais estruturado para o futuro que se desenha.”, analisa Coelho.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.