Dia do Jornalista – Mensagem do Sindicato dos Jornalistas de SC

O Blog Palavra Livre parabeniza a todos os colegas e futuros profissionais, a mais apaixonante de todas as profissões, como disse Gabriel Garcia Márquez

O SJSC saúda os jornalistas catarinenses – profissionais e professores – e os estudantes de jornalismo pela passagem do “Dia do Jornalista”, em 7 de abril. Uma data para comemorar, mas principalmente para reafirmarmos o compromisso com a defesa do Jornalismo como um bem público essencial à democracia; do Jornalismo exercido com ética, responsabilidade, qualidade, para que a sociedade efetivamente seja atendida no seu direito à informação e à liberdade de expressão. Uma data para relembrarmos que não há Jornalismo sem jornalista.

O Dia do Jornalista foi instituído em homenagem à data da fundação da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), em 1908, e ao médico e jornalista João Batista Líbero Badaró, assassinado no dia 7 de abril de 1830, em São Paulo, durante uma passeata de estudantes em comemoração aos ideais libertários da Revolução Francesa.

Consciente do relevante papel social desempenhado pelo jornalista, ao mesmo tempo em que celebra o 7 de abril, o SJSC conclama a categoria para participar cada vez mais das lutas nacionais, regionais e estaduais para a valorização do Jornalismo e da nossa profissão, destacando-se as por melhores condições de trabalho e salariais, por verdadeira liberdade de imprensa, por respeito aos direitos humanos e combate a todo tipo de preconceito, exploração e opressão. Vamos juntos fortalecer todas as batalhas e ações que compõem nossa luta maior pela democracia na comunicação do país.

Em Santa Catarina, chamamos a todos a fortalecer a campanha salarial dos jornalistas, trabalhadores atualmente submetidos a vulnerabilidades. No que se refere à remuneração, estes profissionais não obtêm o merecido retorno, a contrapartida por prestarem um trabalho imprescindível ao País em diversos campos. Apesar de todas as dificuldades impostas pelos donos da mídia, no entanto, os jornalistas têm cumprido o papel de investigar, de buscar a pluralidade de opiniões, a fim de garantir com o resultado do seu trabalho a expressão dos indivíduos e dos grupos sociais.

Nacionalmente, precisamos intensificar nossa participação nas campanhas pela reconquista da plena regulamentação profissional com a aprovação das PECs que restituem a necessidade da formação superior específica para o exercício do Jornalismo, do PL que estabelece um piso nacional para os jornalistas, de combate à precarização das relações trabalhistas, do projeto de federalização da apuração de crimes cometidos contra jornalistas e de denúncia à crescente onda de agressões aos profissionais de comunicação e cobrança de ações dos governos e das empresas para proteção aos jornalistas, por uma nova e democrática Lei de Imprensa, que regule não só o direito de resposta, mas também as relações entre sociedade, veículos e profissionais de imprensa e, mais fundamentalmente, por um novo marco regulatório das comunicações no Brasil, orientado nas resoluções da I Confecom.

Neste 7 de abril, reafirmamos nossa pauta: celebrar as conquistas e continuar firmes na luta pelo Jornalismo e pelos jornalistas!

Diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.