Pisos Estaduais de Salários de SC: reajustes são aprovados na Assembleia

Foi aprovado na tarde desta quarta-feira (29) o Projeto de Lei Complementar – PLC 01/2012 que reajusta as quatro faixas do piso estadual. O projeto altera o artigo 1º da Lei Complementar 459, de 30 de setembro de 2009, e fixa novos valores do piso salarial regional.

A primeira faixa salarial do Piso Estadual será reajustada em 11,11%, elevando o valor de R$ 630,00 para R$ 700,00. A segunda faixa passará dos atuais R$ 660,00 para R$ 725,00, com reajuste de 9,85%. A terceira faixa salarial receberá 9,93% de reajuste, passando de R$ 695,00 para R$ 764,00. A maior faixa salarial ficará em R$ 800,00, com reajuste de 9,59% em relação ao valor atual, de R$ 730,00. Os percentuais serão retroativos a 1º de janeiro de 2012.

Na Comissão de Finanças e Tributação, onde o projeto tramitou no período da manhã, o parecer favorável do deputado Neodi Saretta (PT) foi aprovado por maioria, com abstenção do deputado Sargento Amauri Soares (PDT). Confira os novos valores:

Lei 459/2009        Lei 533/2011         Piso Proposto

Primeira faixa       R$ 587,00            R$ 630,00             R$ 700,00
Segunda faixa       R$ 616,00            R$ 660,00             R$ 725,00
Terceira faixa       R$ 647,00            R$ 695,00             R$ 764,00
Quarta faixa          R$ 679,00            R$ 730,00              R$ 800,00

Da Fecesc

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.