Ciclos de Cinema – Filmes da cinemateca Cinefrance, gratuitos, em cartaz!

A homenagem aos espetáculos prossegue nos Ciclos de Cinema desta semana. O tema Do Palco à Tela, apresenta documentários da coleção de mesmo nome da Cinemateca Cinefrance, que participa do projeto pela segunda vez. Nesta sexta-feira (16/03) estará em cartaz o documentário A tragédia de Hamlet. O filme apresenta a versão da peça Hamlet no ponto de vista do diretor de teatro e cinema britânico Peter Brook. No sábado (17/03) a sessão apresenta o documentário O Complexo de Thénardier. A história trata da relação entre duas mulheres, mãe e filha adotiva, salva de um genocídio, em meio a vida num país destruído pela guerra.

As sessões dos Ciclos de Cinema ocorrem as sextas-feiras e sábados, sempre às 19h15, na sala 05 do Centro de Convenções Alfredo Salfer, no Centreventos Cau Hansen. O cinema gratuito é uma realização da Fundação Cultural de Joinville (FCJ) e Prefeitura.

Sinopse dos filmes:

Dia 16/03, sexta-feira

A tragédia de Hamlet The Tragedy of Hamlet (França, 2011). De Peter Brook. Com Adrian Lester. Documentário em Cores. Duração 132’. Teatro

A versão de Hamlet vista por Brook prolonga a experiência trazida nas suas peças precedentes e sua estética teatral, de uma pureza e de uma simplicidade e de uma evidência luminosas. A peça é centrada no personagem de Hamlet, protagonizado por Adrian Lester, que já estava presente em “As you like it”. O elenco cosmopolita de rostos e sotaques indianos, japoneses, europeus e africanos, reforça a universalidade da proposição e a mestiçagem que o diretor preza tanto. A língua é a de Shakespeare, mas as vozes dos atores vindas de 3 continentes fazem deste espetáculo uma ´peça-mundo”, cujo enigma e tragédia íntima atravessa pelo príncipe da Dinamarca – “to be or not to be” fala e ecoa em cada um.

Dia 17/03, sábado

O Complexo de Thénardier/Le Complexe de Thénardier (França, 2002). (Documentário). De Jean-Michel Ribes. Com Laure Calamy, Marilú Marini. Cores. Duração 73’.

Duas mulheres, duas gerações. Uma mãe e sua filha, poderíamos supor inicialmente. Mas trata-se de sua empregada, filha adotiva, salva de um genocídio. Como pano de fundo, um país destruído pela guerra onde o perigo espreita a cada momento. Uma relação passional e ambígua de dependência comum onde uma e outra se revezam no papel de vítima e carrasco.

Serviço

O quê: Ciclos de Cinema – Do Palco à Tela
Quando: sexta-feira (16) e sábado (17/03), às 19h15
Onde: Sala 05 do Centro de Convenções Alfredo Salfer – Centreventos Cau Hansen
Av. José Vieira, 315 – América
Gratuito
Informações: (47) 3433.2190 na FCJ

Da Assessoria da FCJ

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.