Grevistas rejeitam, mais uma vez, a proposta da Prefeitura de Joinville (SC)

Os servidores públicos municipais de Joinville rejeitaram mais uma proposta da Prefeitura, apresentada nesta segunda-feira. A nova proposta manteve a intenção de reajuste de 8% parcelado (2% em outubro, 2% em novembro e 4% em janeiro) e sugeriu evitar o desconto dos dias de paralisação com banco de horas, para compensar. Os servidores, por quase unanimidade, não aceitaram.

Durante a assembleia, os servidores optaram por montar uma contraproposta, que deve ser apresentada e apreciada pela Prefeitura ainda nesta segunda. A reivindicação é de que seja respeitada a data base da categoria (maio) e que o aumento seja de 8%, sem parcelamento. Além disso, os grevistas pedem o abono dos dias parados.

Do AN On Line

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.