Inclusão no mercado de trabalho de pessoas com deficiência

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência foi recriada esta semana no Congresso Nacional pretende priorizar a inclusão no mercado de trabalho.

Segundo o último Censo Demográfico, os deficientes são hoje 14% da população do país. Os parlamentares querem regulamentar a Convenção da ONU pelos direitos das pessoas com deficiência.

A senadora Ana Rita (PT/ES) acredita que é preciso priorizar a inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho. “Queremos através da Frente, aprofundar cada vez mais o debate sobre a inclusão da pessoa com deficiência em todos os setores da sociedade. Particularmente no mercado de trabalho. Acredito que já tivemos grandes avanços, mas precisamos ainda fazer muito para que a pessoa com deficiência possa ser de fato incluída em todas formas de trabalho”.

Para o senador Lindbergh Farias (PT/RJ) a inclusão no mercado de trabalho também é tema fundamental nesse debate. “A gente tem que discutir aqui estratégias porque nós temos uma legislação interessante, mas infelizmente é preciso dizer, inclusão no mercado de trabalho. Há uma lei que fala que as empresas privadas têm que contratar entre 2 e 5% do seu pessoal de pessoas com deficiências. Infelizmente não estão cumprindo a lei. E não são punidos. Os instrumentos de fiscalização são muito frágeis. Então, nós aqui, queremos nos dedicar também no fazer cumprir, nas coisas acontecerem”.

A deputada Benedita da Silva (PT/RJ) quer resgatar a cidadania das pessoas com deficiência. “Defender essas pessoas é também resgatar a cidadania. E nós temos certeza que tem matérias de interesse dos direitos das pessoas com deficiência e que certamente nós, através dessa Frente estaremos discutindo com a presidência da Casa, para que dêem prioridade”.

A Frente Parlamentar também vai debater em audiência sobre o uso do braile. A próxima audiência está agendada para a próxima sexta-feira.

Sindicato dos Mecânicos

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.