PORQUE DOAR SANGUE

sangueO sangue ë um PRODUTO que NÃO se pode FABRICAR Sendo assim. o único meio para obtenção é através da doação. Se pessoas que têm condições fizessem doações regularmente, o suprimento adequado aos hospitais estaria garantido

MAS, O QUE FAZER PARA QUE ISTO ACONTEÇA?

MEDO E FALTA DE INFORMAÇÃO

Doar sangue simples. rápido e não tem riscos Quem doa uma vez não fica obrigado a doar sangue sempre O seu organismo não vai começar a produzir quantidades cada vez maiores de sangue só porque você retirou um pouco. Rapidamente o seu corpo compensa a quantidade doada, com a mesma consistência de antes (o sangue não “engrossa” nem “afina”).

Também NÃO SE CONTRAI DOENÇA DOANDO SANGUE. Todo o material utilizado e DESCARTÁVEL. Usou uma vez, jogou fora. Não há RISCOS.

USANDO UM POUCO DO SEU TEMPO, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A SALVAR VIDAS!

Em toda doação são realizados testes sorológicos (AIDS, Hepatites, Sífilis, Chagas, HTLV – 1). Além dos exames de anemia, pressão arterial e outros. Você recebe os resultados impressos em uma carteirinha. O sangue doado e dividido em partes que separadamente contribuem no tratamento de pacientes com diferentes problemas. Doando sangue, um ato simples e sem riscos para a sua saúde, estará ajudando a salvar vidas.

E TEM MAIS

Se cada indivíduo saudável fizesse pelo menos duas doações por ano, o problema do sangue no Brasil estaria resolvido.
60 minutos que podem salvar a vida de até 3 pessoas.
Ou 60 minutos na fila do banco. Ou 60 minutos no trânsito congestionado.

O que você acha?

REQUISITOS PARA A DOAÇÃO

Estar em boa condição de saúde;
Ter entre 18 e 60 anos;
Ter peso igual ou superior a 50Kg;
Vir alimentado, evitando alimentação muito gordurosa e bebida alcoólica, pelo menos até 21 horas antes da doação;
Ter dormido pelo menos 06 horas;
Trazer RG ou documento equivalente;
Pode-se doar até quatro vezes por ano com intervalo de 60 dias para homens e 90 dias para mulheres.

IMPEDIMENTOS TEMPORÁRIOS

Estar gripado ou com febre;
Estar grávida;
Até seis meses após o parto ou amamentando.

IMPEDIMENTOS DEFINITIVOS

Ter tido hepatite (após os 10 anos de idade), doença de Chagas, malária ou sífilis.
Ter “comportamento de risco, ou seja, usuários de drogas ou Ter hábitos sexuais promíscuos (vários parceiros, não usar preservativo etc).

Hemorgs

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.