O cuidado com as mochilas escolares

mochila pesadaCadernos volumosos, uma pilha de livros e canetas de todas os tipos. Haja material escolar para as crianças carregarem nas mochilas de alças ou carrinho. Alguns, chegam a exagerar no peso, podendo ter sérios danos à saúde, desde as dores na coluna à hérnia de disco. O máximo de peso aconselhado pelos médicos não pode ultrapassar dez por cento do peso corporal do usuário.

Contudo, se os pais não orientam, não são os filhos quem ligam para os cuidados que deveriam ser tomados sobre a melhor forma de carregar as mochilas para não comprometer a postura. O estudante Artur Tinoco, do 8º ano, carregava na mochila uma grande quantidade de objetos. Aos 13 anos de idade e pesando 39 quilos, ele estaria carregando um excesso de peso que pode ser prejudicial. “Gosto de caderno grosso e hoje tive aulas de diferentes matérias. Por isso, são vários livros que tenho que levar por dia”, justificou.

De acordo com o especialista em Medicina Esportista, o médico Roberto Vital, crianças e jovens estão em fase de crescimento, sendo necessário os cuidados com a coluna vertebral, que pode acarretar em sérios problemas de postura como escoliose e cifose. Outra atenção especial deve ser dada à maneira adequada de carregar as mochilas. “Nunca se deve levar a bolsa de um só lado do ombro. É preciso que o peso esteja distribuído e seja fixado na parte mais elevada da coluna dorsal, caso contrário poderá contribuir para o aparecimento de algo mais grave, a exemplo das deformidades a médio e longo prazo”, aconselha Vital.

No caso daquelas mochilas de rodinhas, é importante escolher uma peça com puxador adequado para a altura da criança e orientá-la a alternar o braço que puxa, para evitar risco de escoliose e outros prejuízos à coluna. O médico recomenda que os pais dêem preferência aquelas com amortecedores para a região dorsal e cinto, para mantê-las bem junto ao corpo. Também é recomendável as que possuem alças acolchoadas, pois ajudam a amortecer a pressão sobre os ombros. É bom evitar aquelas com muitos detalhes – como bolsos e enfeites – porque eles aumentam o peso final.

A cifose, vulgarmente chamada de corcundez (com uma pessoa afetada sendo popularmente chamada de “corcunda”), é definida como um aumento anormal da concavidade anterior da coluna vertebral, sendo as causas mais importantes dessa deformidade, a má postura e o condicionamento físico insuficiente. A cifose postural é muito comum na adolescência, tanto nos meninos como nas meninas. Estes adquirem maus hábitos no sentar, andando, estudando e até mesmo em pé.

Informações: Jornal de Hoje

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.