DEMolindo… o DEM tem mais um na lista da Justiça

Já não bastasse o Arruda, que está preso, o Kassab, que está quase kassado – trocadilho – agora vem mais uma para o DEM resolver: a decisão da justiça federal de prender o atual Prefeito de Chapecó, município do oeste catarinense, João Rodrigues. A notícia está estampada em todos os jornais de Santa Catarina e do Brasil inteiro. Desse jeito a Justiça acaba DEMolindo o partido… Leia a notícia como foi publicada no site Terra:

“O Tribunal Regional Federal da 4ª região condenou o atual prefeito da cidade catarinense de Chapecó (SC), a 550 km da capital Florianópolis, João Rodrigues (DEM), a cinco anos e três meses de prisão pelos crimes de fraude e dispensa irregular de licitação. Ele ainda pode recorrer da decisão, segundo informou a Procuradoria Regional da República na 4ª Região nesta segunda-feira.

As irregularidades ocorreram quando Rodrigues era prefeito interino da cidade de Pinhalzinho, no oeste do Estado. De acordo com a denúncia feita pelo Núcleo de Ações Originárias (Naor) da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, houve anormalidade na compra de uma retroescavadeira no valor de R$ 60 mil. A condenação inicialmente poderá ser cumprida em regime semi-aberto, sem possibilidade de substituição. Ele deve pagar ainda multa de R$ 2.365, valor que será revertido à Fazenda de Pinhalzinho.”

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.