Sindicato dos Mecânicos completa 50 anos de atividades na quinta-feira (1/10)

Tenho grande orgulho de todos os trabalhos que já desenvolvi na minha vida, desde bancário por três meses (longo né?), atendente de bar, auxiliar de escrita fiscal, supervisor de setor, vendedor, gerente, dono do nariz, assessor e tantas outras funções que daria para escrever um mega-post. Mas entre os principais trabalhos que desenvolvi e que me deram e continuam dando prazer é o que faço junto ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias e Oficinas Mecânicas de Joinville e Região desde 2002.

Lá iniciei assinando o jornal Tribuna dos Mecânicos – informativo direcionado aos associados e trabalhadores da categoria -, depois produzindo os textos, até coordenar todas as ações de comunicação do Sindicato como faço hoje. Aprendi muito com os companheiros dirigentes sindicais que conheci e convivi em várias situações, inclusive em viagens à Brasília durante 25 horas dentro de um ônibus, dormindo em colchonetes, pegando sol e chuva nas manifestações por mais direitos aos trabalhadores brasileiros. Momentos inesquecíveis.

Por isso, viver esse momento onde o Sindicato comemora 50 anos de presença forte e marcante em Joinville e região, influindo decisivamente em situações históricas, é um grande orgulho e satisfação. Deixo aqui os parabéns a todos os companheiros e companheiras de trabalho no Sindicato, a diretoria em nome do presidente João Bruggmann e toda a equipe, e principalmente aos trabalhadores que cada vez mais precisam entender que ao fortalecer a sua entidade, participando ativamente da vida sindical, só ganham em respeito e dignidade. Que venham mais 50 Anos!!!

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.