A poesia do dia hoje é com a participação do leitor Moacir Montibeller

Uma das melhores coisas do jornalismo, e especificamente para o blogueiro, é a participação dos leitores, a interação entre quem produz a nota e quem a lê… Do amigo e companheiro de trabalho, amante da literatura, das artes, da boa conversa, Moacir Montibeller, ex-prefeito de Canelinha por três vezes (só não foi a quarta vez por pouco menos de 100 votos), recebo a contribuição para a poesia do dia.

Moacir é daquelas pessoas que cativam com o olhar atencioso, com os gestos largos e amáveis, com palavras simples e de incentivo. Seu carisma contagia a todos que vivem ao seu redor. Não perde uma boa piada, e gosta de contar seus “causos” e histórias da sua vida, e dos outros, fazendo a alegria das pessoas. Tenho aprendido muito com essa figura que parece ter saído das páginas mais populares da nossa literatura. Inteligente, sagaz e organizado, o “galo cinza”, como também é conhecido entre nós – risos – tem catalogado todos os livros que lhe interessam.

Ontem se aproximou de minha mesa e disse: “Toma aí, impresso mexxxmo (meio manezinho), porque ainda não sei mexer com aquele treco lá (como copiar e colar..)”. Agradecido, me comprometi a publicar hoje a poesia belíssima de Cecília Meireles – Retrato – que passa prá gente o tempo que passa, da nossa vida, e as mudanças que quase nem percebemos. Obrigado leitor, comentarista do blog e grande amigo Moacir. Espero que mande outras, sempre…

“Retrato

Eu não tinha este rosto de hoje,
assim calmo, assim triste, assim magro,
nem estes olhos tão vazios,
nem o lábio amargo.

Eu não tinha estas mãos sem força,
tão paradas e frias e mortas;
eu não tinha este coração
que nem se mostra.

Eu não dei por esta mudança,
tão simples, tão certa, tão fácil:
– Em que espelho ficou perdida
a minha face?”

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Um comentário em “A poesia do dia hoje é com a participação do leitor Moacir Montibeller”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.