Justiça age contra tucanos ilegais em escolas

Pois é! E a Justiça condenou o Prefeito Marco Tebaldi (PSDB) a retirar as imagens de tucanos, ave símbolo de seu partido, de todos os ginásios das escolas municipais conhecidos como centreventos. Ano passado o jornal Gazeta de Joinville já trazia matéria a respeito, mas só este ano o Partido dos Trabalhadores de Joinville e seus dois vereadors, Marquinhos Fernandes e Adilson Mariano, entraram com ações na Justiça e no Ministério Público. A decisão da Justiça saiu ontem, quinta-feira 17, no final da tarde.

Veja a íntegra da notícia publicada no site do jornal A Notícia de Joinville (SC), assinada pelo jornalista Upiara Boschi:

“Justiça manda Tebaldi descaracterizar “tucanos””

Prefeito terá 15 dias para fazer as modificações. Multa será de R$ 1 mil por dia caso decisão seja descumprida

Atualizada em 18/04/2008 às 10h13min

 

O prefeito de Joinville, Marco Tebaldi (PSDB) vai ter de mudar as cores utilizadas em pelo menos sete coberturas de ginásios de escolas municipais inaugurados em abril.

O juiz Carlos Adilson Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Joinville, concedeu liminar à ação movida pelo PT do município que questionava as estruturas por lembrarem tucanos — ave símbolo do partido do prefeito.

Os custos da pintura e remoção dos círculos das fachadas — que seriam os olhos dos supostos tucanos — devem ser pagos pelo próprio prefeito e foi dado um prazo de 15 dias para as modificações.

O juiz Carlos Adilson Silva fixou uma multa diária de R$ 1 mil caso a decisão seja descumprida. Para o magistrado, o prefeito “teve a clara, evidente, inescondível intenção de vincular a ave símbolo do PSDB a sua administração, para sua exaltação pessoal, às custas do erário público”.

Tebaldi afirmou que vai esperar ser notificado oficialmente da decisão para se manifestar.

— A gente vê o que vai fazer quando receber o conteúdo da decisão — disse.

Autor: Salvador Neto

Jornalista, escritor, e consultor. Editor do Palavra Livre, apresentou o programa de entrevistas Xeque Mate na TV Babitonga Canal 9 da NET entre 2012/2014 e vários programas de rádio em SC. Tem mais de 30 anos de experiência nas áreas de jornalismo, comunicação, marketing e planejamento. É autor dos livros Na Teia da Mídia (2011) e Gente Nossa (2014). Tem vários textos publicados em antologias da Associação Confraria das Letras, onde é membro fundador e foi diretor de comunicação. Como freelance, escreve para vários veículos de comunicação do país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.