Hospital Regional de Joinville inicia mutirão de cirurgias no sábado

O Hospital Regional Hans Dieter Schmidt de Joinville inicia, no próximo sábado (13), as primeiras cirurgias do mutirão anunciado pelo Governo do Estado e pela Secretaria de Estado da Saúde no final do mês de julho. A expectativa é realizar na unidade 191 cirurgias, sendo que nesta primeira etapa serão feitas 13 operações de vesícula por vídeo.

O diretor do hospital, Dr. Renato Castro, explica que com o procedimento o paciente sofre menos agressão e tem uma recuperação mais rápida. “A ideia é dar alta no final do dia ou, no máximo, na manhã de domingo”, garante. Castro complementa que além de beneficiar a pessoa, que pode ser liberada no mesmo dia da cirurgia, o objetivo é evitar a ocupação de leitos.

A dona de casa Úrsula Mueller Wilke, de 52 anos, está na fila de espera desde 2009 para realizar uma cirurgia de vesícula. Nesta terça-feira (9) ela tem consulta com um especialista e deve ser uma das 13 pessoas beneficiadas com o mutirão. “Fico feliz porque, se tudo der certo, vou poder resolver o meu problema logo. É bom que estejam dando mais atenção pra nossa saúde”, afirma a moradora do bairro Vila Nova.

O mutirão de cirurgias eletivas do Governo do Estado e da Secretaria Estadual de Saúde vai custar R$ 20 milhões e pretende realizar em Santa Catarina 22,6 mil procedimentos até o final de 2012. Em Joinville, a previsão é de serem feitas 2.338 cirurgias no total. “Essa ação vai melhorar a qualidade de muitos catarinenses, que esperavam há tempo pela resolução das suas necessidades”, diz o governador Raimundo Colombo.

Assessora de Comunicação – ASCOM